TAKING STOCK
02.07.2021

Taking Stock – Em junho, minha irmã foi embora, eu consegui um estágio bom, entreguei todos os trabalhos da faculdade, fiz uma tatuagem… E agora estou de férias (?). Além disso, estou…

OUVINDO

Ando bem nostálgica, escutei Barão Vermelho, Engenheiros do Hawaii e Legião Urbana… Pra não ficar tão cringe eu ouvi o novo da Mallu Magalhães também (acho que piorei minha situação), mas ainda não tenho opinião sobre. No final de semana, fui para o rancho com minha amiga e foi muito gostoso ficar vendo a lua, ouvindo música… Enfim.

AGRADECENDO

Pelo estágio, eu estava desesperada hahah. Eu sou MEI, professora de inglês e julho é o nosso pior pesadelo, afinal de contas, sem aula, sem salário. Andava bastante desmotivada e preocupada também, até que surgiu essa oportunidade no DETRAN, começo segunda-feira 🙂

Taking Stock – ESTUDANDO

Na faculdade eu tenho me interessando MUITO por infotenimento. Fora da faculdade, estou me empenhando bastante nos estudos de escrita. Inclusive lá no insta saiu uma listinha com todos os meus livros sobre escrita!

LENDO

O Caminho do Artista, mas confesso que dei uma desanimada hahah mas estava interessante.
É que ela da uma lista de tarefas semanais imensas, aí quando não conseguimos cumprir bate aquela frustração…

DESEJANDO

Ali no item agradecendo tem um breve desabafo sobre a minha condição hahah, então mais do que nunca eu quero um emprego CLT… esse negócio de não ter décimo, férias e demais direitos está acabando comigo 🤧

(mais…)
DUPLA IDENTIDADE
14.06.2021

Dupla Identidade – Edu (Bruno Gagliasso) é um jovem promissor, bonito e estudado. O rapaz então logo cai nas graças do governador, primeiro passo para que ele inicie sua carreira política e alcance seu objetivo: ser presidente da República.
Porém, Edu também é um serial killer de mulheres.
(Não é spoiler, acontece nos primeiros minutos da série).

Ray (Débora Falabella) leva uma vida pacata, mas isso muda rapidamente quando ela começa namorar Edu.
Ela é bordeline e tem uma filha pequena, o que torna o relacionamento ainda mais perigoso.
Edu está eufórico e matando cada vez mais, então a polícia começa investigar os casos, para isso o delegado Dias (Marcelo Novaes) conta com a ajuda de Vera (Luana Piovani) – psicóloga forense que estava trabalhando pro FBI e com quem mantém relacionamento conturbado.

O QUE EU ACHEI DE DUPLA IDENTIDADE ?

(mais…)
OLÁ (de novo)
10.05.2021

Olá! Então, parece que foi ontem o dia que escrevi a primeira versão desse texto. As coisas eram tão fáceis, eu fazia qualquer coisa para ter tempo de postar aqui. Hoje, graças a esse espaço tenho muitas oportunidades de mostrar o meu trabalho.
Mas ai o tempo se tornou escasso, a criatividade então… Me deixa na mão várias vezes! Mas agora quero voltar. Quero vencer a barreira do cansaço, quero mostrar mais, MUITO mais!
Se fosse uns anos atrás, eu viria aqui, conversaria com você, me apresentaria, contaria fatos aleatórios sobre mim… Mas hoje, enquanto estou tentando fazer com que você me conheça, estou fazendo o meu melhor para me descobrir também.

Um dia, conversando com um amigo ele solta: “o que eu mais gosto em você, é que você não se limita.”
Eu acho muito engraçada a visão do outro sobre a gente… Já fui chamada de eloquente, determinada, decidida, confiante, acima da média; mas nada disso saiu da minha boca. Então, são mentiras? Não. Eu acho muita responsabilidade ser reconhecida por esses adjetivos.
Somos constantemente julgados e o grau de importância que damos para o achismo alheio parte do grau de julgamento que colocamos em cima do outro… Isso me assusta.

(mais…)
RIO DE JANEIRO
27.04.2021

Rio de Janeiro, abril de 2019

1 DIA

We had everything we need that day:
you, me, a nice view and blue flowers…
I prayed tonight, I just wanted to stay locked in time.

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)

Em 2019, eu viajei para o Rio de Janeiro. Achei que essa viagem me salvaria, mas era o início de um naufrágio.
Quando cheguei, o dia estava lindo, mas o hotel não estava pronto. Para minha sorte, uma feira acontecia ali na rua. Nunca vi nada parecido: peixes, frutas, o melhor pastel de queijo que já comi na vida e uma banquinha que vendia flores azuis.

Não quis perder tempo, fui para a praia e foi exatamente como a música do Baco Exu do Blues: o sol ilumina o meu dia, mas queima a minha pele… No final do dia estava exausta e satisfeita, beijada pela areia, pelo sol e pelo sal, estava relaxada. A decisão de viajar foi a melhor ideia que poderia ter tido, marcava o início de uma nova era: novo emprego, uma oportunidade de recomeçar, de tentar do zero, eu me sentia capaz de tudo, estava em lua de mel.

Lembro de falar sobre como amava a vista da janela do quarto que dava para um prédio cinza, cheio de janelas. Não era uma visão de tirar o fôlego, mas tinha certa poesia…
Me lembrou a história do prédio que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, dias depois encontram nos escombros, os corpos de um casal abraçados nus em uma cama. Eles viviam um amor secreto… Essa história inspirou a música Conversa de Botas Batidas.

Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar…

(mais…)
Sem comentários
FELIZ PÁSCOA
05.04.2021

Feliz Páscoa! Há cada ano venho me interessando mais por essa data, para além do feriado cristão e das tradições açucaradas, a páscoa costumava marcar o final do inverno e o início da primavera e celebrar Ostara, a deusa da fertilidade.

Fiz um post no instagram apresentando o meu novo vício: Sylvanian Families e achei que seria perfeito trazê-los aqui para celebrarmos a páscoa já que essa é a família dos coelhos de chocolate.

TERI CHOCOLATE

Teri é a mãe do Coco e da Freya. A esposa do Frasier é conhecida por suas refeições maravilhosas e por sempre manter a casa em ordem. Na minha história de Páscoa, ela aprendeu fazer os melhor brigadeiros da vila com o Frasier, é o seu doce favorito!

(mais…)
Sem comentários
SOFRI UM ABORTO ESPONTÂNEO
06.10.2020

Aborto. Uma palavra tão pesada! Não tem um jeito bonito ou legal de falar isso, não tem como dar voltas. É assim, exatamente como acontece: rápido e dolorido.
Sempre quis falar sobre o assunto, mas não tinha certeza sobre como iria fazer isso. É uma ideia que cutuca o meu cérebro porque quando aconteceu comigo eu li muitas coisas que me confortaram e achei que devesse fazer isso para confortar também.

Foi em 2018, está fazendo dois anos agora.
Eu sempre quis ser mãe, ter familia grande, quatro filhos! Casei jovem e as tentativas aconteciam ocasionalmente, às vezes planejadas, outras nem tanto.
Eu tinha acabado de voltar de São Paulo, era a semana do meu aniversário, minha menstruação não tava atrasada, mas meu parceiro na época tinha certeza.

(mais…)
1 comentário
SEIS ANOS DE BLOG
07.09.2020

Seis anos – Parabéns para nós!!! E não repara a bagunça, estamos em constante mudança. Quinze dias atrás completei minha vigésima oitava primavera e agora é a vez do blog e eu completarmos nossas bodas de açúcar: seis anos de blog. What a time to be alive…

Ser criativo não é um dom, mas exige certo esforço e confesso que não tava rolando por aqui. Eu estava um pouco anestesiada, me sustentando na tese de que devemos respeitar os nossos momentos.
Penso muito na minha letargia e o que ela quer dizer, pois nossos momentos também nos devem respeito.

Li no livro o Poder do Agora que devemos compreender as nossas angustias cotidianas para que não se transformem em algo maior do que já são e tem sido um caminho interessante.

(mais…)
Sem comentários
A FABULOSA WISHLIST DE ANIVERSÁRIO
10.08.2020

Olá, minha nova primavera está chegando! Dia 25 completo minha 28ª volta ao sol, então como tradição vou fazer a wishlist de coisas que almejo conquistar esse ano.
Eu amo aniversários, uma pena que esse ano vai ser assim, mas estou disposta a não deixar isso me afetar.
Não vai ter festinha online, acho que não é algo que combina comigo, mas eu vou ficar muito feliz se você tirar um minutinho do seu dia para pensar em mim com muito carinho.

Esse ano eu caprichei nos itens caros haha mas faz parte do jogo, não espero nada além de pensamentos bonitos na data, mas vai que, né? Talvez alguém se sinta inspirado por essa wishlist.

(mais…)
Sem comentários
CHAKRAS
04.08.2020

Olá, estou estudando os chakras e resolvi tornar público um pouco do meu processo. Nossos corpos emanam e recebem energias o tempo todo, nossas energias ficam polarizadas em Ida, energia feminina e lunar, no lado esquerdo do nosso corpo e Pingala, energia masculina e solar, no lado direito. Esses dois canais de energia são chamados Nadis e é através deles que a nossa força vital (Prana) é distribuída.

Vou falar sobre os chakras de forma bem introdutória porque pretendo continuar esse assunto no meu instagram.
A palavra vem do sânscrito e significa roda, isso porque ao longo da nossa coluna vertebral existe sete pontos, em locais específicos, que emanam energias para o equilíbrio do nosso corpo, mente e espírito.
As energias são influenciadas pelos elementos terra, água, ar, fogo e éter.

A energia dos chakras é giratória, então se gira muito rápido, muito devagar ou estiver bloqueada a sua saúde sofre, por isso é importante se conhecer para que os chakras estejam sempre alinhados.

OS SETE CHAKRAS

(mais…)
1 comentário
COMO É TER UM BLOG?
03.05.2020

Dia 8 de setembro de 2014 saiu o primeiro post aqui do blog que na época se chamava Antes das Cinco e também era uma collab entre eu e minha amiga Nathalia para falarmos especialmente sobre livros.

No começo, dentro desse nicho, era bem amplo. Além das resenhas, falávamos sobre lançamentos, adaptações, estilo dos personagens, cenários, enfim… Com o tempo, a Nathalia saiu e eu continuei expandindo para outros assuntos.

Vocês fizeram algumas perguntas no instagram, então vou tentar responder algumas.

(mais…)
Sem comentários
STORY CUBES
29.04.2020

Oie! Ontem nos stories chamei vocês para brincarem de Story Cubes comigo.
Story Cubes é um joguinho bem bacana e criativo. São 9 dados (54 figuras) e só.

INSTRUÇÕES

Ao jogar os dados, observamos as faces que estão viradas para cima.
Cada imagem é um elemento de uma história que você vai inventar, então seja criativo!.
A sugestão é usar 3 dados para o início, 3 para o meio e 3 para o final.

Então aqui está a historinha maluca que eu inventei! Pega um papel e uma caneta e vem jogar comigo!

STORY CUBES #1 – O INCENDIÁRIO

(mais…)
Sem comentários
ÓLEOS ESSENCIAIS
26.04.2020

Oi, tudo bem por ai? Vim falar um pouco sobre óleos essenciais, mas antes de começar esse post, quero dizer que comecei estudar agora e que recomendo a série de vídeos que a Nataly Neri está fazendo sobre o assunto aqui. Então, vamos ver o que sei até agora!

O QUE SÃO OS ÓLEOS ESSENCIAIS?

Os óleos essenciais são líquidos concentrados extraídos de plantas. A partir dai um novo termo surge: aromaterapia.
A aromaterapia é o uso de óleos para se obter benefícios físicos, emocionais e energéticos. Sabe-se que os óleos são rapidamente absorvidos através do olfato e que pode controlar a pressão arterial, a frequência cardíaca, a respiração e o estresse.

(mais…)
Sem comentários
12345... 12»
@lumanunesblog No images found!
Try some other hashtag or username