EM PEDAÇOS
29.07.2018

Oi gente! Vocês, alguma vez, se sentiram enganados pelos trechos de livros? Então… Mês passado a editora Paralela divulgou intensamente o livro Em Pedaços divulgando quotes lindíssimos e uma sinopse que diz:

Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.

Não tinha nada para dar errado, né? Exceto que tinha sim.

Sobre o livro

Começando por Olívia que tem New York aos seus pés. Todos estranham quando a mocinha larga a faculdade e abre mão de seu conforto para trabalhar voluntariamente cuidado de um veterano de guerra. Nem Olivia sabia em que estava se metendo, pois ficou surpresa ao ver que seu paciente não era o senhor que ela esperava ver e sim um jovem de vinte quatro anos atraente, porém amargurado.

Paul está furioso com o mundo, ele gasta seus dias trancando e casa entre livros e garrafas de uísque. Ele está cansado dos pesadelos onde sempre se vê no Afeganistão e também da insistência de seu pai em trazê-lo de volta a vida. Olívia é seu último recurso, ele só precisa mantê-la por três meses e estará livre para viver como quiser. Mas será que três meses são suficientes?

O que eu achei

Li Em Pedaços em dois dias e fiquei muito feliz porque não lembrava a última vez que tinha realizado uma proeza dessas. Como disse ali em cima, comprei principalmente por causa dos trechos e apesar de não gostar de capas com pessoas estampadas nelas, dessa eu gostei, achei romântica e solar.

Pelo tempo de leitura, nota-se que eu até gostei da história, mas isso não significa que eu tenha ficado incomodada com algumas coisas.

Deveria ser um alivio,  mas não consigo afastar um pressentimento sombrio. Não importa para onde eu olhe, as paredes estão caindo. E essa garota continua despertando em mim a coisa mais perigosa do mundo. Esperança.

A dominância de Paul sob Olívia me deixou algumas vezes preocupada, mas o real incômodo realmente foi o final. Pra começar que o segredo de Olívia não é uma coisa tão corrosivo, como dito em sinopse.

Segundo que as preocupações de Paul não são legítimas, tava muito óbvio pra mim de que seria resolvido com um simples diálogo. Mas ok.  Clichêzinho, para ler rápido. Se joga.

Autor: Lauren Layne Ano: 2018 Páginas: 248 Editora: Paralela Nota: 4/5

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@lumanunesblog