ESTOU GRÁVIDA! E AGORA? #1: A DESCOBERTA
11.09.2018

Olha eu aqui de novo, trazendo mais uma série pra vocês. Pra quem ainda não sabe, eu estou grávida e  desde que descobri as palavras que mais saem da minha boca são: e agora? Pensa em um turbilhão de perguntas e dúvidas que aparecem na cabeça da gente… Por isso, vou contar um pouco da minha experiência e claro, dar diquinhas. A ausência de fotos autorais é porque estou morrendo de sono.

COMO EU DESCOBRI?

Minha menstruação é bem certinha, então logo no primeiro dia de atraso, um alarme soou na minha cabeça. Porém, eu não estava tão atenta esse mês, quem percebeu primeiro foi o papai. Eu tinha acabado de chegar de São Paulo, passei em frente a uma farmácia e resolvi comprar um teste de gravidez. Fiz pela manhã e logo apareceram os dois risquinhos vermelhos. Nesse teste eu paguei R$ 6,50.

No primeiro momento, não tem jeito, é um choque. Por mais que você esteja tentando, acho que a notícia sempre te pega desprevenida. No mesmo dia fiz o exame de sangue, foi super rápido, não precisa estar em jejum e o resultado sai em mais ou menos uma hora. Eu paguei R$ 35,00 pelo exame.

COMO EU CONTEI PARA O PAPAI?

Eu queria esperar, fazer uma super produção, mas não deu! Ainda mais sabendo que era o sonho dele. Depois que fiz o teste de farmácia, liguei para uma amiga e saímos procurando um sapatinho, não foi tão simples assim encontrar, mas achamos. Foi na semana do meu aniversário e eu tinha recebido algumas coisas pelo correio. Ai falei: chegou vários presentes hoje, dai fui mostrando o que tinha chegado e por último mostrei o sapatinho.

ESTOU GRÁVIDA E AGORA!?

A gente também não esperou para contar para os nossos pais e amigos. A indicação é que o anúncio seja feito depois do terceiro mês porque a gestação já estará mais segura.

O primeiro passo é marcar uma consulta com uma ginecologista obstetra. Eu estou me consultando pela rede pública, é só chegar em um postinho de saúde e falar que quer iniciar o pré-natal que eles vão marcar a sua primeira consulta.

 

No próximo post, eu venho contar o que aconteceu na minha primeira consulta.

Beijos e até a próxima.

NA MINHA ESTANTE // SETEMBRO
04.09.2018

Minha estante em agosto foi fraca. Além de ter virado mais uma primavera, a faculdade se tornou algo real e eu descobri que estou grávida! Então, não podemos dizer que não foi um mês agitado. Não cumpri muito minha lista de leituras e ainda decidi passar pra frente dois livros. Capitães da Areia foi um desafio e eu estou muito feliz em dizer que consegui! Pra setembro reservei só dois livros, pois não estou mais aguentando ficar acordada de madrugada.

Lidos Em Agosto

The Chase – Kennedy, Elle (4/5 estrelas)

Summer e Fitz são completos opostos, mas isso não impede que eles sejam caidinhos um pelo outro. A resenha já está no instagram. Achei mais interessante postar lá, mas se vocês quiserem posso postar aqui.

Mil Palavras – Brown, Jennifer (5/5 estrelas)

Jennifer Brown tem o dom de falar sobre assuntos difíceis, dessa vez conhecemos Ashleigh, uma garota que teve sua intimidade exposta na internet. Revenge Porn é um assunto que está entre nós, mas ainda é um tabu. Esse livro é importantíssimo!

Capitães da Areia – Amado, Jorge (5/5 estrelas)

Um clássico nacional. Jorge Amado nos apresenta os donos das ruas de Salvador, apesar de ser uma história legal, é super triste também. Já senti o impacto no começo, onde todos colocam a culpa, mas ninguém quer ser o responsável, quando todos nós somos. Vale a reflexão.

Poesia com Rapadura – Bessa, Bráulio (5/5 estrelas)

Pensa numa leitura linda de todas as formas possíveis! Além das poesias lindas, o livro é todo colorido e estilizado! Sei que você pensa: ahhh não gosto! Mas te desafio. Você vai se apaixonar.

 

Quero Ler Em Setembro

1984 – Orwell, George

É pra faculdade, mas estou realmente interessada.

Quando foi publicada em 1949, essa assustadora distopia datada de forma arbitrária num futuro perigosamente próximo logo experimentaria um imenso sucesso de público. A escrita translúcida de George Orwell, os personagens fortes, traçados a carvão por um vigoroso desenhista de personalidades, a trama seca e crua e o tom de sátira sombria garantiram a entrada precoce de 1984 no restrito panteão dos grandes clássicos modernos.

A Mulher na Janela – Finn, A. J.

Não vi um ser humano sequer falando mal desse livro, espero não me decepcionar. Estou cansada de histórias boas, mas previsíveis. Dizem que esse é 100% surpresa.

Nesse thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. A mulher na janela é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.

Na Natureza Selvagem – Krakauer, Jon

É o livro do mês do clube do livro. A história real de Chris McCandless fascina muita gente. O jovem vindo de família rica, mas morreu aos 24 anos de inanição após caminhar sozinho até o Alasca é sem dúvidas uma leitura muito rica.

 

Wishlist

Lô – Bellotto, Tony

Dizem que a escrita do Tony é sensacional e eu fiquei bastante instigada com essa releitura do clássico Lolita escrito de uma forma cômica e abrasileirada.

Garotas Tristes – Lang, Leav

“Seu primeiro amor não é a primeira pessoa a quem você dá o coração: é a primeira que o quebra.”

Tô achando que esse livro vai me deixar deitada em posição fetal uns três dias. E pensa numa capa linda!

Arte e Alma- Cherry, Brittainy C.

Apesar de já ter sido lançando há um tempo em inglês, esse livro ainda é inédito pra mim. E como vocês sabem, a Cherry é uma das minhas escritoras favoritas.

 

E é isso. O que vocês acharam? Conhecem algum desses títulos? Querem sugerir?

Beijos e até a próxima!

BULLET JOURNAL // SETEMBRO
01.09.2018

Vocês acharam que eu tinha abandonado meu Bujo, né? Acharam errado… O que aconteceu? Nos primórdios do meu Bullet Journal eu usava cadernos da Cícero, logo em seguida comecei a usar os planners da Ótima. Agora quase dois anos depois eu estava cansada desse formato, apesar de super recomendar. De aniversário, eu me presentei com o planner da A. Craft, cujo pretendo resenhar aqui em breve e tcharam, voltei super inspirada.

Tema

O tema como na maioria das vezes foi inspirado no mês de maio da Amanda Rach Lee. Me diverti muito desenhando e colorindo as lavandas e achei que ficou super delicado e clean. Esse é o meu tipo de calendário favorito e vou usar para anotar aniversários, compromissos universitários e consultas médicas.

Leituras e Trabalho

Minhas leituras serão organizadas em três categorias: Quero Ler, são os livros pré selecionados do mês; Wishlist, são os livros desejados e comprinhas, que são os livros comprados. Além disso inclui uma tabelinha de escrita que é onde vou monitorar o quanto vou trabalhar no meu livro esse mês.

Sobre a página de trabalho, nunca na história desse país eu tinha incluído uma ppgina dessas no meu bujo, só que andei sentindo essa necessidade. Confesso que não estou muito organizada nesse campo, mas resolvi migrar essa Área para ver se tenho um controle maior. Sou compradora, então fiz duas listas simples: uma do que precisa ser pedido e outra do que foi pedido de fato. Dai vou fazer: data, marca e valor. Talvez inclua um post it ali pra anotar minhas metas.

Faculdade e Finanças

Faço seis matérias na faculdade e são tantos trabalhos, datas, grupos, viagens que senti a necessidade de criar essa página que ainda não sei muito bem como vai funcionar. Até agora, só coloquei um gabarito para monitorar minhas faltas. Talvez eu crie um calendário vertical e adote um sistema de cores pra cada matéria, dai vou anotando cada compromisso.

Eu fiz a página de finanças uma única vez e funcionou. Gostei de ver como eu gasto, mas essa também vai ser uma página teste na qual pretendo ir aprimorando mês a mês. A principio anotei só o que eu preciso pagar.

Blog e Gravidez

O página do blog é como se fosse um banco de ideia de posts. Faço um calendário vertical e vou anotando os possíveis títulos.

A novidade é essa página, eu estou grávida! Estou fazendo um bujo a parte mas, quis fazer esse diário aqui também. Anotei as semanas que vou chegar em setembro e o resto ainda não sei o que fazer, mas sei que vou descobrir rapidinho como preencher essa página.

Daily

E finalmente minha agenda que raramente eu usava porque achava que não tinha compromissos, mas eu tenho vários! Nada como trabalhar, estudar e carregar um mini ser pra preencher uma agenda.

 

E é isso pessoal, espero que vocês tenham gostado! Eu me diverti muito brincando com a leveza das lavandas e o resultado final ficou muito fofo. Deixem suas sugestões, ideias, elogios e críticas aqui nos comentários!

Meu bujo de setembro de 2017 aqui.

E aqui tem algumas fotos do meu bujo de setembro de 2016.

Beijos e até a próxima!

O ÓDIO QUE VOCÊ SEMEIA
29.08.2018

Posso dizer que o Ódio Que Você Semeia me tocou profundamente, acho que essa é uma leitura importante e até mesmo obrigatória, principalmente quando tivemos manifestações de racismo muito tristes no meio de pessoas que deveriam estar nos influenciando para o bem.

Você sabia que ainda criança os negros aprendem como devem se portar na presença de policiais?

Não faça movimentos bruscos.
Deixe sempre as mãos à mostra.
Só fale quando te perguntarem algo.
Seja obediente.

São algumas das regras que Starr aprendeu. Uma noite, a garota de dezesseis anos e seu melhor amigo Khalil são parados por uma viatura e basta que um movimento “errado” e uma “suposição” faça com que Khalil seja morto a tiros na frente de Starr.

Starr vive duas realidades: ela estuda em um colégio caro e tem amigos brancos e ricos, mas mora em um bairro periférico negro, dominado por gangues e oprimido pela polícia. Ela é a única testemunha do crime, ela quer fazer a coisa certa, mas para isso precisa encontrar sua voz.

Representatividade importa, sabe porque? Porque eu não fazia ideia de que existia um Jesus Negro e achava que essas conversas sobre abordagem de policial fosse algo meramente ilustrado para trazer mais emoção para séries de TV. Representatividade importa porque eu descobri que já tive falas racistas.

O que eu mais gostei sobre  O Ódio Que Você Semeia é que fala sobre um assunto sério de maneira muito completa e simples. Relacionamentos interraciais e até mesmo aquele lembrete que racismo também é praticado contra outras raças, como por exemplo, pessoas asiáticas. E que o racista não é um monstro, ele é como eu e você, um ser humano.

Separei além do trailer mais três vídeos que indico fortemente para vocês assistirem:

 

DRAMAS UNIVERSITÁRIOS #1: UNIVERSITÁRIA AOS 26
23.08.2018

No auge dos meus dezessete anos eu entre na Federal do meu estado para Letras. Foi um desastre. Primeiro, porque eu não tinha certeza se era isso mesmo que eu queria; segundo, que eu estava no auge da minha adolescência querendo experimentar o mundo de todas as formas e nada melhor do que um ambiente universitário para isso.

Além disso, a faculdade ficava na cidade vizinha (60 km), eu tinha que pagar ônibus cedinho pra ir e voltava na hora do almoço, mal chegava em casa e já tinha que sair pra trabalhar, era uma rotina bem cansativa. Inclusive, quero parabenizar meus ex colegas que sobreviveram a isso.

Depois foi só ladeira abaixo, me matriculei em várias faculdades particulares e me especializei em primeiros períodos. Letras mais uma vez, Administração, Design Gráfico… E o tal de fazer o Enem todo ano. Até que ano passado eu bati o pé e falei que seria a última vez que faria. Funcionou.  Faltando um mês para eu completar meus vinte e seis anos, ingressei na UFT curso Jornalismo.

Meu receio inicial foi a questão de equilibrar trabalho e estudos. Trabalho em shopping, então não é uma rotina muito simples. Mas não é tão pesada quanto imaginei. Saio de casa as 9h, trabalho até às 18h20 pego um ônibus rapidinho e chego na universidade onde as aulas são até as 22h40, mas os professores são bem camaradas e quase sempre liberam mais cedo.

Ah e em relação a classe, nossa quanta diferença! Entrar agora aos 26 é bem diferente, afinal quase dez anos separam aquela Luma de Letras dessa atual. Estou muito feliz e definitivamente mais madura.

Nessa série eu pretendo contar mais sobre minha rotina e dar dicas, sei que muita gente passa pelo o que estou passando, então vai ser bom desabafar um pouco.

Dicas

  • Não se sinta culpado por entrar na faculdade tarde, cada pessoa tem seu tempo;
  • Não precisa se enturmar com o pessoal mais novo se isso não te deixa confortável;
  • Aproveite as aulas ao máximo;
  • Não falte às aulas(é um caminho sem volta);
  • Não comece a vagabundar (sério!).
VOLUMÃO – LOLA COSMÉTICOS: O QUE EU ACHEI?
15.08.2018

Gente, olha só como temos o pensamento quadrado. Conheci a linha Toda Mulher Merece Um Volumão quando ainda estava em transição e por algum motivo bizarro, ignorei completamente as palavras TODA MULHER e achei que fosse uma linha para cacheadas, pois volumão. E olha que fiquei iludida um tempão, até que resolvi procurar resenhas na internet e me deparo com um monte de moças de cabelo liso, fiquei: ué.

Toda Mulher Merece Um Volumão possui três produtos: shampoo, condicionador e spray. A embalagem chama bastante atenção e o cheiro é, sinceramente, o meu favorito do universo. Como já disse várias vezes sou péssima para decifrar, mas acho que é de laranja e cereja. É muito, muito, muito bom.

Shampoo

Já estou bem acostumada com a textura dos shampoos da Lola que não fazem muita espuma, mas sinto que limpa muito bem. Senti que meus fios ficam soltinhos, mas não muito hidratados. A embalagem contém 230ml.

Condicionador

O condicionador não deixa o cabelo muito molinho, acho que é uma característica da linha não ser muito hidratante, pois o que dá volume ao cabelo são as camadas cuticulares  criadas com o uso. A embalagem contém 230ml.

Spray

O Spray eu uso como creme de deixar, mas não é o correto. Passo nos cabelos bem molhados e modelo normalmente. Senti que meus cachos ficaram bem definidos, mas é um produto bem chatinho. Se passa pouco ele não segura, se passa muito deixa o cabelo pesado, então você tem que descobrir sua quantidade ideal. Dá pra passar nos fios secos também, ele é bem liquido, pois spray.

Considerações finais

Senti meu cabelo super limpo, sei que vai parecer estranho falar assim, mas quando seco tinha a sensação de um cabelo virgem: super leve, como se eu não tivesse nenhum produto. A única coisa que denunciava era o cheiro maravilhoso. O meu cabelo já volumoso, então foi difícil ver se realmente funcionava, mas depois usei outros shampoos e vi que realmente dá volume.

AGORA E PARA SEMPRE, LARA JEAN
14.08.2018

Chegou o final da trilogia que mais me fez feliz esse ano 🙁  Mas vamos lá. Fazendo um resumo bem breve da série inteira, é muito fácil amar Para Todos Os Garotos Que Já Amei, só por ele existir; apesar de ter ficado chateada com várias coisas em P.S.: Ainda Amo VocêAgora e Para Sempre, Lara Jean foi o livro que encerrou com chave de ouro. A trilogia é muito completa.

Acho que isso também é parte de crescer, ter de despedir de coisas que você amava.

É muito fácil gostar da Lara Jean, ela é muito fofa, me identifico com seu jeito de tentar fazer as coisas serem especiais, além de ser uma personagem real com problemas reais.

Eu fiquei magoada com Peter, mas sou muito grata por a escritora não ter mudado ele. Era um esforço enorme ficar me lembrando que ele só tem dezessete anos, mas gostei muito de ele não ter amadurecido, conforme eu queria. Peter continuou mimado, mesmo que estivesse me incomodando, porque é o jeito dele mesmo, um menino que não arruma nem a cama (oi, Babi!).

Ser vulnerável, deixar pessoas se aproximarem, se magoar… tudo isso é parte de estar apaixonado.

Todos tiveram fim. Quando os personagens pararam de ser relevantes, eles simplesmente saíram de cena, sem drama, sem ficar tentando incluir. Os personagens saíram na hora que tinham que sair e pronto. As coisas, na verdade, são assim.

O que eu mais amei no personagens é que eles eram o que eram e não se desculpavam por isso. Todo aquele papo que eu já falei aqui um milhão de vezes sobre personagens reais. Cada um com suas particularidades, defeitos e perfeições. Mas, pra mim, a série não tem defeitos.

Nós fazemos nossa própria sorte.

Espero que vocês tenham gostado, se não leram ainda, corre! O filme vai ser lançado sexta-feira (17/08) na Netflix.

Agora E Para Sempre, Lara Jean

Autor: Jenny Han Ano: 2017 Páginas: 304 Editora: Intrínseca Nota: 5/5

 

É assim que acontece? Você se apaixona e nada mais parece assustador, e a vida é apenas uma grande possibilidade?

P.S.: AINDA AMO VOCÊ
12.08.2018

Contém spoiler do livro anterior, Para Todos Os Garotos Que Já Amei.

Nessa altura do campeonato na saga amorosa de Lara Jean você já deve imaginar que ela e Peter K. transformaram o namoro de mentirinha em um de verdade. E todo aquele processo de conhecer o outro, de aprender a namorar de verdade começa. Só que a ex do Peter, Gen, fica rondando e e essa parte me deixou p. da vida.

– Lara Jean, acho que você meio que se apaixona por todo mundo que conhece. Faz parte do seu encanto. Você esta apaixonada pelo amor.

O Peter me desanimou demais, ele ficou criando caso com um segredo da Gen que deixava a Lara Jean enciumada. Além do mais, ele ficava “meu treino, bláblá, minha vida” e não fazia absolutamente nada por ela. Tudo por causa de um segredo totalmente desnecessário.

Sei agora que não quero amar e ser amada pela metade. Eu quero tudo, e para ter tudo, você precisa arriscar tudo.

Por falar em segredo desnecessário, eu fiquei muito chateada porque o livro ficou focando nessa coisa besta, em vez de ter trabalhado em um assunto que me chamou bastante atenção. É que a Lara Jean e o Peter brigam e eles se reconciliam em um ofurô, é tudo bem inocente, só que eles são gravados sem saber e esse vídeo vaza como se fosse uma história de amor tórrida e ardente.

A sociedade está sempre pronta para envergonhar a mulher por gostar de sexo e aplaudir o homem.

Fiquei triste com a Lara Jean porque ela ficou o tempo todo se reprimindo pra não magoar o bonito, sendo que ele tava magoando ela o tempo todo. Mas fugindo do foco desse relacionamento chatonildo, Lara Jean está sendo voluntária em um asilo e eu achei esse núcleo super divertido, impossível não morrer de amores por Stormy.

Esse foi o livro que deu tudo errado, que bateu uma indignaçãozinha, contudo fez eu me apaixonar tudo de novo. Um novo garoto apareceu e eu fiquei doidinha de amores: John Ambrose McLaren. Pensa em um cavalheiro, gente! Ele é a coisa mais linda, inteligente e charmosa desse universo inteiro.

Talvez as coisas muito, muito boas não sejam feitas para durar tanto tempo; talvez seja o que as torna mais doces, o fato de serem temporárias.

P.S.: Ainda Amo Você

Autor: Jenny Han Ano: 2016 Páginas: 304 Editora: Intrínseca Nota: 4/5

O corpo é seu, e é você que tem que protegê-lo e se divertir com ele. Com quem você decide compartilhar a diversão é escolha sua… Você decide quem, até onde e com que frequência, se decidir que sim.

Eu sou apaixonada pela série, porém, esse não é o meu volume favorito.

Beijos e até a próxima

PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI
09.08.2018

Ganhei Para Todos Os Garotos Que Já Amei em 2015, mas só li agora por causa da hype do filme e to tão arrependida, deveria ter lido antes! Meu Deus, eu estou muito apaixonada!

O Livro

É o seguinte, Lara Jean é uma romântica incurável que já se apaixonou cinco vezes. Ela vive todas as paixões platônicas intensamente e conforme os sentimentos vão passando, ela escreve cartas sinceras para o s garotos, mas nunca as entrega, ela as guarda na caixa de chapéu que sua mãe lhe deu.  A confusão começa quando as cartas desaparecem e reaparecem nas mãos de seus destinatários.

As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.

Para Todos Os Garotos Que já Amei é o primeiro volume de uma trilogia e é onde conhecemos a família de Lara Jean.

Os Personagens

Ela tem duas irmãs e mora com o pai, sua mãe morreu de uma forma muito peculiar. Margot é a filha mais velha e está indo pra faculdade na Escócia, conversei com várias pessoas e todas elas odiaram a garota, mas eu não consegui. Margot praticamente criou as meninas e cuidou da casa, teve que amadurecer muito cedo, ela também é namorada de Josh, um dos amores de Lara Jean.

Irmãs deveriam brigar e fazer as pazes porque são irmãs, e irmãs sempre encontram o caminho de volta uma para a outra.

A irmã mais nova é Kitty, no começo eu achei ela muito criancinha pra idade que tem, mas depois acabou virando minha personagem favorita. Cheia de atitude, a garotinha é muito criativa, esperta e inteligente.

E o pai da Lara Jean também é um fofo, ele é ginecologista e é engraçadinho também.

Os Garotos

Agora vamos aos garotos, nesse primeiro livro o foco está em dois deles: Josh e Peter.

Na primeira fala já me apaixonei pelo Josh. Ele conhece as meninas desde criança, é um amigão e a Kitty o ama. Ele é praticamente parte da família e confesso que fiquei morrendo de dó dele.

O segundo garoto é Peter: o popular da escola. Ele é lindo e muito otário, então obviamente eu gostei dele. Adorei seu cinismo e sua esperteza.

Para que uma coisa dê errado de um jeito tão colossal e horrível, tudo precisa acontecer na ordem certa e no momento certo, ou, nesse caso, no momento errado.

O que acontece é que quando as cartas são enviadas, Josh recebe a dele e Peter também recebe uma.

Só que Lara Jean ainda é muito apaixonada pelo Josh, enquanto Peter é paixão vencida, então ela acha que é uma boa ideia fingir namorar Peter para despistar Josh. Peter acaba concordando com a ideia porque ele está doidinho pra passar ciúme em sua ex namorada Gen.

Minha Opinião

A confusão está armada, ahh e esperem passar muita vontade porque Lara Jean é uma cozinheira de mão cheia. Sabe quando um livro te faz feliz e te diverte? Então! Me identifiquei demais com ela, tanto pelo romantismo quanto pelo drama. É muito fácil se apaixonar pelos personagens e isso faz com que a leitura flua e que você devore o livro rapidão. Recomendo! Se você ainda não está convencido, então olha esse trailer maravilhoso:

Autor: Jenny Han Ano: 2015 Páginas: 320 Editora: Intrínseca Nota: 5/5

LISTAS DE LEITURA
07.08.2018

Oi gente! Adoro fazer essa lista de resumos e expectativas de leitura do mês. Espero que vocês gostem também.

Lidos em Julho

Para Todos Os Garotos Que Já Amei ♥♥♥♥♥

Eu tô tão feliz por ter lido esse livro! Deveria ter lido muito antes, mas não vamos chorar pelo leite derramado, né? Semana que vem, o filme estará disponível na Netflix, estou muito ansiosa para ver na tela a história da atrapalhada Lara Jean e suas cartas de amor perdidas!

P.S.: Ainda Amo Você ♥♥♥♥♥

A continuação do livro acima me fez muito, muito, muito feliz! Só tenho elogios pra essa trilogia.

Agora e Para Sempre Lara Jean ♥♥♥♥♥

Estou economizando nos comentários porque as resenhas vão sair ainda essa semana, mas só para vocês ficarem cientes esse é o último livro da trilogia Para Todos Os Garotos Que Já Amei.

O Ódio Que Você Semeia ♥♥♥♥♥

Foi o meu melhor livro do ano até agora e tem tudo pra estar no meu top 5 de livros favoritos do universo. Starr presenciou o melhor amigo ser assassinado na sua frente, o motivo? A cor da sua pele. O livro mostra Starr tentando encontrar sua voz estando em um sociedade racista.

Disgrace ♥

Acabei de lembrar que não fiz resenha no insta (resenhas de kindle eu normalmente faço no ig), mas vou providenciar pra vocês descobrirem o motivo da mísera estrelinha.

Para ler em Agosto

The Chase

Era o livro mais esperado do ano, por mim. Devorei e já tem resenha no Instagram.

Capitães De Areia

Livro do mês do clube do livro, mas estava doida pra ler bem antes disso.

A Verdade Sobre Nós

A probabilidade de eu gostar desse livro é zero. Mas já está na minha estante há tanto tempo… Resumindo, é a história de uma menina de dezesseis anos que namora o professor de vinte e cinco. Entendeu minhas reservas?

Mil Palavras

Eu amo essa escritora. Ela sempre aborda temas polêmicos, porém necessários. Em A Lista Negra, ela retratou a história de uma adolescente cujo namorado abriu fogo em uma escola, matando uma lista de alunos que ela tinha elaborado de brincadeira. Em Amor Amargo a conversa é sobre relacionamento abusivo. Dessa vez Jennifer Brown nos fala sobre nudez na internet.

Literalmente

Eu tenho um outro livro dessa escritora e mesmo que não tenha lido ainda, acho o estilo dela muito peculiar. Vou deixar a sinopse falar por si só:

Annabelle leva uma vida perfeitamente sob controle. Mas as coisas começam a fugir do controle quando Lucy Keating, autora best-seller de livros juvenis, vai à sua escola falar sobre seu novo romance e, curiosamente, passa a descrever a vida de Annabelle. Logo fica claro que Annabelle é a mais nova protagonista da história de Lucy e, de súbito, o relacionamento de seus pais não parece mais tão perfeito, a casa que tanto ama corre sérios riscos de ser vendida, Will — um aluno transferido que parece literalmente feito para ela — não é mais tão interessante e Elliot, o melhor amigo de seu irmão, passa a ser algo mais que apenas um coadjuvante em sua história. Lucy Keating pode ter um plano para ela. Mas Annabelle está disposta a escrever sua própria história.

Vingança

Esse também está na minha estante há séculos, mas única coisa que vou dizer é que é uma mistura de Romeu e Julieta com O Poderoso Chefão.

Wishlist

Leah Fora de Sintonia

Quem ai leu Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens já conhece a Leah.  Em um livro só dela, mas com participações mais do que especiais dos personagens do primeiro livro, vamos acompanhar Leah em sua luta para se encontrar e saber com quem dividir suas verdades e seus sentimentos mais profundos.

E ai gente, o que vocês me contam? Quais são as metas de leituras de vocês? Vocês já leram algum desses livros?

Beijos e até a próxima!

@lumanunesblog