Um Caso Perdido
10.02.2017

Oi gente, tudo bem com vocês? Em janeiro eu consegui fazer uma leitura extra e é por isso que estamos aqui hoje, para conversar sobre Um Caso Perdido da Colleen Hoover. Esse livro passou muito perto de me decepcionar mas acabou se revelando uma surpresa muito agradável. O título em inglês é hopeless e acredite, esse é um fator relevante no quebra cabeça.

Sky é uma garota que foi educada a vida inteira em casa pela mãe que é totalmente anti-tecnologia. À noite ela permite que alguns garotos invadam seu quarto para uma sessão de amassos, mas não importa o quão lindo esses garotos sejam, ela não sente absolutamente nada por nenhum deles. Em seu último ano, ela vai estudar na escola regular, e é lá que ela vê pela primeira vez Dean Holder e a conexão entre eles é imediata,  Sky e Holder são cheio de segredos e ao serem revelados, suas vidas mudam drasticamente.

 

Como eu já disse ali no primeiro parágrafo, esse livro passou muito perto de me decepcionar. No começo, Um Caso Perdido é morno e até irritante, a história inteira parece desconectada e a gente não consegue enxergar onde tudo aquilo pode dar. Vemos apenas dois protagonistas explosivos que não conseguem se dar bem e que não tem nada a ser explorado.

Do meio pro final é que as coisas começam a acontecer e tudo fica surpreendente, triste, dramático e bonito, tudo ao mesmo tempo. Fiquei angustiada, prendi a respiração, sofri junto e até chorei. Não me apaixonei por Holder e Sky e sim pela a história deles. Um Caso Perdido não é o meu livro favorito da escritora, longe disso, mas não posso negar que fiquei emocionalmente sentida e que com certeza lerei a versão do Holder no livro chamado Sem Esperança.

 

Se alguém tiver lido, deixe sua opinião ai nos comentários!

Beijos e até a próxima.

 

Ficha do Livro

Título: Um Caso Perdido – Hopeless

Autor: Hoover, Colleen

Editora: Galera Record

Número de páginas: 384 páginas

♥ Minha nota para o livro: 4 / 5 estrelas

Leituras em Fevereiro
08.02.2017

Oi pessoal! A minha lista de leituras de fevereiro continua seguindo bastante interessante e agradável, estou adorando essa nova fase de auto-conhecimento!

Em janeiro eu consegui fazer uma leitura extra e espero conseguir fazer o mesmo esse mês. Como perdi a primeira semana, coloquei como meta  ler apenas três livro, mas se tudo der certo, vou tentar ler quatro. Simbora?

 

Ganhar, Gastar, Investir. O Livro do Dinheiro Para Mulheres 

Ando em uma fase de reflexão sobre a minha vida (será a idade chegando, meu Deus?)  e uma das áreas mais desajustadas é a financeira.

Li ótimos comentários sobre esse livro e logo nas primeiras páginas descobri que não só posso aprender a cuidar dos meus ganhos, como a tomar as rédeas de outros aspectos da minha vida. Essa vai ser uma resenha muito interessante.

 

O Ano Em Que Disse Sim

Eu sou muito viciada em Grey’s Anatomy e quando descobri que a Shonda tinha escrito esse livro, fiquei ansiosa para conhecer um pouco mais sobre essa mente genial.

Li uma resenha que reforçou ainda mais esse desejo, pois conta como a Shonda aprendeu a dizer sim para varias coisas, mas o mais importante: como ela aprendeu a dizer sim ao não.

 

Sem Esperança

Em janeiro rolou uma leitura extra. Um Caso Perdido (em breve, resenha)  pareceu que não ia dar em nada, mas de repente eu não conseguia parar de pensar na ideia de ler Sem Esperança, que é o ponto de vista de um dos protagonistas.

 

Bônus: Em Busca de Cinderela

E se der tempo, eu quero ler esse spin-off que é bem curtinho e também faz parte da série Hopeless (Um Caso Perdido e Sem Esperança).

 

E ai, o que você achou? Conta pra mim a sua lista para janeiro!

Beijos e até a próxima!

Whole30: 30 dias para mudar (mesmo!)
01.02.2017

Oi gente! Umas semanas atrás, eu estava no face quando vi uma das minhas amigas falando sobre um programa de desintoxicação alimentar. Ela havia ficado trinta dias sem ingerir refrigerante, bebidas alcoólicas, açúcar e outras coisinhas e estava se sentindo ótima. Uma as hashtags me chamou atenção e resolvi pesquisar o termo Whole30 e foi ai que descobri que tinha um livro inteirinho sobre o assunto.

Funciona mais ou menos assim, de acordo com o livro existe determinados grupos de alimentos que podem causar impacto negativo na sua vida (sim, vida! Na sua composição corporal, saúde e qualidade de vida). Para descobrir quais são esses alimentos, o programa propõe que você elimine por trinta dias da sua dieta, grupos de alimentos que conforme a ciência ou nossa experiencia já demonstraram, promovem hábitos e desejos alimentares nada saudáveis, prejudicam o metabolismo, danificam o trato digestivo e sobrecarregam o sistema imunológico.

Passado os trinta dias, você pode voltar (ou não) a reintroduzir esses alimentos, observando os impactos causados sobre as compulsões alimentares, o humor, níveis de energia, o sono, o sono, a digestão, entre outros.

No livro, é possível encontrar uma lista com várias doenças que podem ser causadas pela ingestão desses alimentos, a lista de alimentos proibidos ou não, as regras para seguir o programa, como dar os primeiros passos, como o seu corpo deve reagir a eliminação dos alimentos, como reintroduzir os alimentos após os trinta dias, um compilado de dúvidas frequentes e suas repostas, enfim. Tudo o que você imaginar, tem no livro. Eu amei, achei super completo e sanou todas a minhas dúvidas.

Embora eu tenha achado todas as informações muito bem passadas e tenha gostado de ler tudinho, o que mais me pegou foram as receitas. Quando li a palavra “eliminar grupos de alimentos” já pensei: Putz, vai ser muito difícil. Mas as receitas são simples, bonitas e o mais importante: acessíveis. Fáceis de fazer, com produtos encontráveis em supermercado, sofisticadas e baratas. Fechou com chave de ouro.

O livro é lindo e colorido e as fotos das receitas são de babar. Indico demais e quando eu conseguir fazer o programa, venho detalhar a minha rotina aqui pra vocês. Combinado?

Ficha do Livro

Título: 30 Dias Para Mudar – Whole30

Autor: Hartwig, Melissa e Dallas

Editora: Sextante

Número de páginas: 416 páginas

♥ Minha nota para o livro: 5 / 5 estrelas

O Livro dos Cachos e a Minha Autoestima
29.01.2017

Como vocês já sabem estou passando pela transição capilar. E quando eu me dei conta do que estava acontecendo, percebi que não sabia muito bem o estava fazendo e quais seriam os próximos passos. E ai entra o Livro dos Cachos na minha vida. Esse livro de capa vermelha e cacheada foi um salva-vidas nessa fase tão complicadinha do processo. A Sabrinah Giampá conta a história do seu cabelo, que no final acaba tendo o mesmo enredo da história da maioria das cacheadas: você aprende desde pequena que ter o cabelo cacheado é algo errado e que precisa ser domado.

Não estou achando a transição uma coisa fácil, porém O Livro dos Cachos facilitou alguns fatores pra mim, explicando porque a escova progressiva é uma vilã e dando significado aos termos que vi na internet e que não fazia a minima ideia do que aquelas palavras queriam me dizer. Vamos a algumas delas:

Big Chop

Grande Corte é a tradução para Big Chop. Esse corte acontece quando você decide que quer voltar a ter os fios naturais o mais rápido possível, vai lá, passa a tesoura e às vezes até raspa. A história do big chop é muito bacana, pois foi um movimento norte americano em que as mulheres negras se uniram contra a ditadura da beleza e rasparam seus cabelos quimicamente tratados para que eles pudessem crescer junto com sua autoestima que esteve perdida por anos. Inspirador, não?

Transição Capilar

A transição é o que acontece quando você não opta pelo big chop, apenas vai deixando os fios crescerem naturalmente ficando com metade do cabelo natural, mas ainda sem definição e a outra metade quimicamente tratada. É por esse processo que estou passando e é horrível ter o cabelo com duas texturas 🙁

Low poo / No poo

Entrar no banho e encher o cabelo de espuma pra ele sair bem limpinho, quem nunca? A técnica Low poo (pouca espuma) e No Poo (nenhuma espuma) vem para nos mostrar que espuma não é sinônimo de limpeza. Toda aquela espuma presente na maioria dos shampoos que nós usamos é cheia de sulfato, um produto bem baratinho que também é usado em detergentes e outros produtos de limpeza, e que limpa literalmente tudo, inclusive a camada de proteção dos nossos fios, por isso eles ficam ásperos daquele jeito após a lavagem, nos obrigando a usar o condicionador. O creme nosso de cada dia também é cheio de um produtinho super barato na industria: o petrolato. Esse produto apenas maquia o fio e tem zero poder hidratante.

A rotina No Poo propõe que usemos apenas balsamos limpantes e nada de petrolatos e silicones. A rotina Low poo é um pouco menos restritiva, permitindo o uso de shampoos em que os sulfatos não sejam tão agressivos, mas assim como na No Poo petrolatos não são permitidos.

Co-Wash

É um condicionador próprio para lavar os fios. Essa técnica está muito presente nas rotinas Low Poo e No poo, mas atenção! Esse processo deve ser feito apenas com produtos livres de petrolatos e silicones, caso contrario pode causar caspas e outras doenças no couro cabeludo. Eu faço e amo!

Com todas essas explicações fica mais fácil de você se conhecer e entrar no processo. Imagina você se olhar no espelho e ver algo diferente do que você viu nos últimos dez anos e não se identificar com o seu próprio reflexo? Deprimente né? É assim que me sinto na maioria dos dias, mas continuo porque sei que esse é um passo muito grande para a minha autoaceitação. Eu nasci com o cabelo cacheado e não tem porque eu odiar isso. O livro mostra pequenos relatos de meninas e meninos que sofrem preconceitos, mas que nem por isso desistiram de abraçar seu real ser. <3

Indico demais, principalmente pra quem está seguindo esse caminho.

Ficha do Livro

Título: O Livro dos Cachos

Autor: Giampá, Sabrina

Editora: Paralela

Número de páginas: 144 páginas

♥ Minha nota para o livro: 5 / 5 estrelas

A Mágica da Arrumação: O que eu aprendi?
18.01.2017

Hello, pessoas! Tudo bem com vocês? Well… Hoje vos trago um pouco de conhecimento (hahahaha aquelas…) Brinks. Eu finalmente li A Mágica da Arrumação, livro que explodiu ano passado e que fala um pouco sobre o método KonMari a arte japonesa de colocar ordem na sua casa e na sua vida – essa é a promessa da capa. Estava bem ansiosa para ler esse título porque é sobre um assunto no qual eu me interesso bastante: organização. E minha ansiedade aumentou quando a diva, rainha, musa, mor Jout Jout fez um vídeo super entusiasmado sobre essa leitura.

A verdade é: eu ri de desespero e terminei de ler com uma única conclusão: que?

Sim. Vocês vão me desculpar por tudo o que é mais sagrado se eu ofender alguém agora mesmo, mas eu achei a Marie Kondo no mínimo birutinha das ideias. Apesar de achar o livro meio absurdo, me recusei a terminar a leitura sem levar algo de positivo para a minha vida. Vamos lá:

 

“Um quarto desorganizado reflete uma mente desorganizada.”

“Ter uma casa bem arrumada influencia positivamente todos os aspectos da vida – inclusive o trabalho e as relações familiares.”

Eu acredito de verdade que a desorganização é um reflexo de como estamos nos sentindo por dentro. Um exemplo muito claro pra mim é quando estou chateada com alguma coisa e chego em casa. Se o meu quarto está limpo e organizado e a cama arrumada, pelo menos  já me sinto mais relaxada em relação ao problema. Agora, se chego em casa e encontro o ambiente caótico, sinto que me afundo ainda mais na tristeza. Com vocês acontece o mesmo?

 

“Nossos pertences descrevem com precisão o histórico das decisões que tomamos na vida.”

“Todo mundo precisa de um santuário particular.”

Acredito que todos os nossos objetos tem algo a dizer sobre nós. Tanto é que fico super lisonjeada quando alguém solta a frase: tal negócio é a sua cara. Os meus objetos e minhas roupas, tem tudo a dizer sobre quem eu sou ou sobre meus gostos. Vai dizer que quando você tá na bad, não gosta de vestir aquela sua roupa favorita ou escutar aquela música que te acalma? Essa roupa ou essa música te faz lembrar de quem você é naquele momento de aflição e isso é confortador. Mas…

 

 

“Todo objeto tem um papel a desempenhar.”

“Não devemos celebrar as lembranças, mas sim a pessoa que nos tornamos por causa das experiências que tivemos.”

Eu preciso que todos os meus objetos tenham utilidade, que eu faça uso deles, isso é importante para que eu seja menos consumistas e para que eu possa dar valor aquilo que tenho. No segundo trecho acima, a Marie Kondo destaca os itens de valor emocional, lembranças, sejam elas a que guardamos ou as dadas por amigos e familiares. Quem nunca encheu uma caixa cheia de coisinhas e sentiu vontade de jogar fora mas não teve coragem por medo de deixar um amigo magoado ou por se sentir angustiado por tentar se livrar de algo que ganhou? Eu refleti bastante sobre essa parte do livro. Bastante.

Eu tinha agendas de 2000 e bolinhas guardadas e não lembrava o que tinha escrito nelas, nem lembrava porque eu não as jogava fora. Conclusão: joguei fora sem nem abrir. Acho que a gente tem que guardar sim as coisas, desde que elas estejam sempre presentes na nossa cabeça… Se eu abrisse a agenda com certeza iria achar algo que me impedisse de jogá-la fora, mas será que essa anotação era tão importante assim a ponto de eu esquecê-la e deixá-la intocada por anos? Reflita sobre a real  importância dos objetos na sua vida.

 

É fácil jogar objetos fora quando há um motivo óbvio para fazê-lo, mas admito que é complicado abrir mão de coisas sem uma razão concreta.

De – sa – pe -go. Essa é a palavra de ordem do livro e também a parte que mais teve resultados pra mim. Eu sou uma acumuladora de carteirinha e isso é de família. Por isso, procuro sempre me deixar alerta. A Marie Kondo dá ótimas dicas para descarte. É só não ser tão extremista quanto ela. Eu desapego respeitando o meu conforto.

 

“Nossos momentos em casa são preciosos e não devem ser menosprezados apenas porque ninguém vai nos ver.”

MAIOR VERDADE DE TODAS. Gente, as vezes fico em casa na maior esculhambação, dai passo na frente do espelho e me sinto mal. Não estou dizendo que devemos nos maquiar e vestir a melhor roupa, mas coisas básicas: lavar o rosto, escovar os dentes, pentear ou prender os cabelos e vestir roupas limpas fazem a maior diferença.

 

 

Viu, pessoal! O livro tem coisas boa, mas acho que faltou um pouco mais de prática e um pouco menos de extremismo. Sair da zona de conforto é muito bom, mas com responsabilidade e sem exageros. Saber ler um livro e tirar algo de proveitoso, mesmo que você ache as ideias absurdas é libertador. Uma mente aberta é tudo de bom!

Beijos e até a próxima!


 

Ficha do Livro

Título: A Mágica da Arrumação

Autor: Kondo, Mari

Editora: Sextante

Número de páginas: 160 páginas

♥ Minha nota para o livro: 2 / 5 estrelas

O Milagre da Manhã: Uma Reflexão
11.01.2017

Olá pessoal, tudo bem?

O Milagre da Manhã foi o primeiro livro que li em 2017 e eu acho que não quero chamar esse texto de resenha. Como o título já diz, quero que seja um pouco de reflexão. Acho que absorvo e desenvolvo melhor os meus pensamentos escrevendo.  Me interessei bastante pela leitura, afinal quem não se entusiasmaria com um livro que promete a você ter uma vida nota dez?

O livro começa contando a história do jovem promissor Hal Elrod, que teve sua carreira de sucesso interrompida por um acidente e, como ele conseguiu superar essa fase difícil. Depois dessa introdução cheia de frases marcantes, é a vez de iniciar os capítulos que me prenderam bastante. Todos eles começam com citações muito interessantes sobre o tema dos capítulos.

 

 

O que diabos é O Milagre da Manhã?

Como você acorda a cada dia e sua rotina matinal (ou a falta dela) afetam dramaticamente seus níveis de sucesso em cada área de sua vida. Manhãs concentradas e produtivas geram dias concentrados, produtivos e de sucesso – o que, inevitavelmente cria uma existência de sucesso -, da mesma maneira que manhãs desconcentradas, improdutivas e medíocres geram dias desconcentrados, improdutivos e medíocres, e, finalmente uma qualidade de vida medíocre. Simplesmente mudando a maneira como desperta de manhã, você pode transformar qualquer área da sua vida mais rápido do que imagino ser possível.

Resumidamente, é acordar um pouco mais cedo (uma hora, talvez?) e praticar seis atividades diárias, colocando assim o seu desenvolvimento pessoal como prioridade para que você consiga alcançar a realização plena. Essa atividades são conhecidas como:

 

Life S.A.V.E.R.S. – Os Salvadores da Vida

No inglês, cada inicial da palavra savers  inicia a palavra de uma das atividades.

S. (Silence)Silêncio

Comecei fazer graças a um exercício de respiração ensinado no livro. Esse passo serve para que você faça meditação, oração, para trabalhar sua respiração ou para que tenha um momento de gratidão, garantindo assim um começo de dia tranquilho e pacífico.

A. (Affirmations) – Afirmações

As afirmações são coisas que você almeja e que possam funcionar como um mantra. Um exemplo muito legal dado no livro é o do lutador Muhammad Ali que sempre gritava “Eu sou o maior!” e de tanto falar, olha só o que aconteceu… Funciona muito bem para afastar toda aquela negatividade chata.

Eu quero. Eu posso. Eu consigo.

V. (Visualization) – Visualização

Depois de criar suas afirmações, chegou a hora de visualizá-las. Como você se vê com o seu objetivo cumprido? Uma dica legal é que você pode até criar um quadro com recorte de revistas e tudo!

E. (Exercise) – Exercícios

Está em todos os lugares os benefícios de praticar exercícios. Sempre que penso em exercícios me vem na cabeça uma imagem de academia, puxar ferro – e eu odeio isso. Se você for como eu, vai gostar de saber que o livro só quer que você se mexa um pouco. Pode ser uma corrida, mas também pode ser ioga, fica a nosso critério, o importante é movimentar-se de algum jeito.

R. (Reading) – Leitura

Ler cinco páginas? Talvez dez? Não importa… Leitura é sempre a chave do sucesso.

S. (Scribe) – Escrever

Escrever um livro, um diário, fazer seu bullet journal, você pode usar seu tempo para qualquer uma dessas coisas.

 

Criando um novo hábito

Bom, Elrod dá todas as dicas necessárias para conseguirmos cumprir esse cronograma, mas ele mesmo fala que não é fácil e explica que levamos pelo menos 21 dias para adquirir um novo hábito.

[Dias 1-1o] Fase 1: Insuportável

Os dez primeiros dias são uma armadilha, você começa empolgado porque está fazendo algo novo, mas logo sua mente e seu corpo começam a rejeitar a ideia. Por isso, precisamos ser mais firmes nesse período.

[Dias 11- 20] Fase 2: Desconfortável

Depois dos primeiros dias, nosso corpo e mente começam a costumar com a nova rotina, mas ainda é ruim. Não podemos amolecer, pois aqui ainda podemos cair na tentação de voltar aos hábitos antigos e nós não queremos isso, não é?

[Dias 21-30] Irrefreável

Essa é a fase crucial para a instalação de um novo hábito.É aqui que começamos a sentir orgulho por ter chegado tão longe!

 

Estou fazendo de tudo para começar o meu dia assim e logo venho aqui documentar e mostrar pra vocês como tem sido. Gostaria de convidá-los a participar também! Afinal, o que é bom é para ser aproveitado bom todos. O que me dizem? Bora lá!?

Beijos e até a próxima!

 

Ficha do Livro

Título: O Milagre da Manhã

Autor: Elrod, Hal

Editora: BestSeller

Número de páginas: 194 páginas

♥ Minha nota para o livro: 4 / 5 estrelas

Leituras em Janeiro
04.01.2017

Oi pessoal!

Eu separei uns livros para ler em janeiro e fiquei bastante surpresa quando terminei a lista, porém foi uma surpresa muito agradável. Explicando melhor, meses atrás eu olharia para os títulos escolhidos e jamais pensaria em comprá-los e confesso que até julgaria quem ousasse ler, mas hoje vejo como evolui e como reconheço os benefícios que os livros de auto conhecimento podem trazer para a minha vida.

 

♥ O Milagre da Manhã – Elrod, Hal

Conheci esse livro através dos igs sobre Bullet Journal que sigo no Instagram. Logo na capa o autor nos propõe o seguinte: O segredo para transformar sua vida (antes das 8 horas).

O método simples e eficaz explica os benefícios de acordar cedo para o nosso desenvolvimento, prometendo ao leitor níveis de sucesso pessoal,  profissional e espiritual a partir de rotina matutina.Proporcionando melhoras significativas na saúde, felicidade, relacionamentos, finanças, espiritualidade ou qualquer outra área que precisa ser aprimorada.

 

♥ A Mágica da Arrumação – Kondo, Marie

O livro da Marie Kondo estourou no Brasil meses atrás e ela se tornou uma espécie de guru da organização. A Mágica da Arrumação promete colocar ordem na sua casa e na sua vida, através do sentimento que cada pessoa tem por seus objetos.

A pergunta: Isso me traz alegria? é a base desse sucesso do método simples, porém eficiente.

 

♥ 30 Dias Para Mudar – The Whole30 – Melissa e Dallas Hartwig

Uma conhecida fez esse projeto e eu fui acompanhando através do instagram e me apaixonei. Nesse livro é proposto que mudemos a nossa relação com a comida, prometendo não só a perda de peso, mas fatores ainda mais importantes como qualidade de sono, níveis de energia, humor e autoestima. O livro é lindíssimo, cheio de relatos, informações e receitas de refeições fáceis e acessíveis!

 

♥ O Livro dos Cachos – Giampá, Sabrinah

“Aprenda a amar e cuidar do seu cabelo como ele é”

Estou em transição capilar e esse livro salvou a minha vida! Além de falar sobre os preconceitos que nós cacheadas passamos no dia-a-dia e como lidar com eles, também explica os malefícios das químicas nos fios e nos ensina a estilizar e a cuidar dos nossos cabelitchos. Um guia completo!

 

 

E ai, o que você achou? Conta pra mim a sua lista para janeiro!

Beijos e até a próxima!

The Fire Between High & Lo
12.10.2016

Fala galera! Semana passada na resenha de The Silent Waters eu linkei a resenha de The Air He Breathes e só então me toquei de que nunca tinha resenhado o segundo livro da série que é The Fire Between High & Lo também conhecido como uma das melhores leituras desse ano. Decidi traduzir a sinopse pra vocês ficarem preparados pra quando lançar em português. Estão prontos?

Era uma vez um garoto, e eu o amava.

Logan Francis Silverstone e eu éramos completos opostos. Eu dançava, e ele permanecia parado. Ele era quieto e eu uma tagarela. Ele lutava contra um sorriso, e eu me recusava  a me deixar pra baixo.

Na noite em que eu vi a escuridão que verdadeiramente morava dentro dele, não pude mais me afastar.

Nós eramos quebrados juntos, mas de algum jeito ainda inteiros. Nós eramos errados juntos, mas era sempre certo. Nós eramos as estrelas queimando a noite no céu, buscando um desejo, rezando por um futuro melhor.

Até o dia em que eu o perdi. Ele nos afastou com uma decisão precipitada – uma decisão que nos mudou para sempre.

Era uma vez um garoto, e eu o amei.

E por algumas respirações, alguns sussurros, alguns momentos, eu acho que ele me amou também.

the fire between high & lo

Uma coisa que reparei enquanto pensava em escrever essa resenha é que os livros da Brittainy tem tudo pra te fazer chorar e mesmo assim, ela não permite que  a gente caia no choro hahaha.

Como visto na sinopse, Alyssa e Logan tem vidas diferentes. Ela vem de uma família rica, o pai é ausente e a mãe só se importa com as aparências. Ele é pobre, o pai traficante e abusivo e a mãe é viciada, mesmo caminho que Logan segue. O único que se salvou em sua casa é o irmão mais velho, Kellan.

Eles possuem um entrosamento bem diferente porque eu nunca imaginaria uma amizade saindo de duas pessoas tão diferentes, veja lá um romance, mas deu certo. Quando o romance finalmente engrena, um mal entendido acontece, e eles se afastam. Anos depois, Logan se vê forçado a conviver com Alyssa e é ai que as coisas voltam a andar.

the fire between high & lo

Li muitos relatos de pessoas que não entendiam as atitudes do Logan. Gente, mas se teve uma coisa que eu entendi nesse livro, foram suas atitudes. Pensa numa infância de merda! Ele tem todas as justificativas para ser desajustado. Depois vem o motivo que o leva a se afastar da Alyssa, pelo amor de Deus.

Um coisa que gostei é que a escritora não romantiza o fato de ele ser viciado, ela nem tentou fazer aquela vibe de que “o amor tudo muda, tudo constrói, me apaixonei por você e não vou mais usar drogas”. High é o apelido que Logan dá para Alyssa, porque ela é o maior barato dele. No começo eu me incomodei com esse “elogio”, mas no final tudo é explicado. CALMA!

Como essa é uma série que fala dos elementos, todos os fãs da escritora esperavam um romance tórrido, sensual, Mas Britainy tem o poder, né amores? Ela me deu um significado totalmente novo para fogo. O fogo que tudo queima, tudo consome e converte em algo novo.

the fire between high & lo

Resenha de The Air He Breathes aqui.

Resenha de The Silent Waters aqui.

Ficha do Livro

Título: The Fire Between High & Lo

Autor: Brittainy C Cherry

Editora: Amazon / Kindle

Número de páginas: 324 páginas

♥ Minha nota para o livro: 5 / 5 estrelas + favorito da vida.

#21 The Silent Waters
03.10.2016

Oi pessoal, quero começar essa resenha dizendo que esse é um livro que indico fortemente. The Silent Waters é o terceiro livro da série Elements, mas não é necessário ler os anteriores pois são histórias independentes (mas indico também). Eu amei essa história em todos os sentidos, mas sou suspeita para falar porque a Brittainy C Cherry é a minha escritora favorita. Não costumo escrever a sinopse aqui, mas resolvi traduzi-la para vocês entenderem a profundidade da história.

A resenha de The Air He Breathes, o primeiro livro da série, você encontra aqui. Esse título foi lançado em português, pelo grupo editorial record com o nome de O Ar Que Ele Respira.

the silent waters

Momentos.

Nossas vidas são uma coleção de momentos. Alguns extremamente dolorosos e cheios de dores do passado. Outros lindos , cheios de esperanças e promessas de um futuro bom.

Eu tive muitos momentos na minha vida, momentos que me mudaram, me desafiaram. Momentos que me assustaram e que me afogaram. Entretanto, os maiores – dos mais desoladores e aos mais empolgantes – todos incluíram ele.

Eu tinha dez anos quando perdi minha voz. Um pedaço de mim foi roubado, e a unica pessoa que podia verdadeiramente ouvir meu silêncio era Brooks Griffin. Ele foi minha luz durante os dias mais escuros, minha promessa de um amanhã, até uma tragédia encontrá-lo. Tragédia que eventualmente o afogou em um mar de memórias.

Essa é a história de um garoto e uma garota que amavam um ao outro, mas não amavam a si próprios. Uma história de vida e morte. De amor e promessas não cumpridas.

the silent waters

Em The Silent Waters, Maggie May conhece Brooks Griffin, o melhor amigo do seu meio-irmão,  quando ela tinha seis anos. Ela é uma criança cheia de vida, tagarela e se apaixona por Brooks à primeira vista.  Brooks, por outro lado não quer nem saber dela, porque meninos dessa idade querem qualquer coisa, menos contato com meninas hahaha.

Eu amei muito como a escritora trabalhou a primeira parte, a infância deles. Cheia de brincadeiras e arteirices.

Uma noite, Maggie presencia algo horrível, o trauma é tão grande que ela acaba perdendo a voz. Anos se passam sem que Maggie diga uma só palavra e sem que consiga sair de casa também, mas Brooks é uma presença constante, mesmo quando a família de Maggie demonstra fraqueza, Brooks escuta seu silêncio. E dessa amizade acaba surgindo um relacionamento maior… É de partir o coração.

the silent waters

A escrita da Brittainy é tão especial que não consigo transmitir em palavras o quão fundo ela consegue tocar meu coração com suas histórias. O único defeito que encontrei  nesse foi que achei a passagem de tempo muito longa, mas nem isso foi capaz de me desanimar.

É difícil não se identificar com Maggie, ela é uma leitora maravilhosa que vai de Harry Potter a John Green, e é delicada e doce, mas também muito sensível… E o Brooks, que coisa mais linda, mais honesta, mais doce! Ele é músico e a usa muito para saber lidar com Maggie.

Sinceramente, esse foi o melhor livro que li esse ano e não posso falar mais nadinha sem que eu me derreta por completo. Fecha a aba e vá procurar esse livro.

the silent waters

Ficha do Livro

Título: The Silent Waters

Autor: Brittainy C Cherry

Editora: Amazon / Kindle

Número de páginas: 316 páginas

♥ Minha nota para o livro: 5 / 5 estrelas + favorito da vida.

Quero Muito: 5 Lançamentos de Setembro
02.09.2016

Oi pessoal! Tudo bem? Gente, setembro vai me dar muita dor no bolso hahaha mas é uma dorzinha de amor, vai… Muitos livros bons vão ser lançados e eu não vejo a hora de ler cada um deles. Antes de começar, perdoa as imagens e não desiste de mim, tentei fazer de um jeito bem bacanudo, mas sou péssima com essas coisas. Mas a lista tá valendo muito a pena. Juro.

o erro

O ErroElle Kennedy

Data prevista para lançamento: 02/set (o lançamento foi antecipado e já está nas livrarias, e claro… Na minha estante).

Off Campus, em português, Amores Improváveis é oficialmente a minha série queridinha de 2016. O segundo livro da série não é meu favorito, mas olha essa capa!

Já li em inglês, The Mistake e agora vou dar uma chance para a versão em português, porque sou dessas… Vai que essa é a oportunidade que eu preciso pra dar uma segunda chance pro Logan e pra Grace, né?

 

rock satr

Rock StarS.C. Stephens

Data prevista para lançamento: 09/set

Quero muito. Quero bastante. Quem se lembra da chamada da capa de Intenso Demais?

O que fazer quando você se apaixona pelo cara perfeito. Mas já está amando o cara certo?

Arrepiou? Pois é. Rock Star conta a mesma história de Intenso Demais, sob o ponto de vista do Kellan ♥. Ansiosa é pouco!

 

nothing more

Nothing MoreAnna Todd

Data prevista para lançamento: 20/set

Estou com um pouquinho de medo desse livro hahaha brincadeira… Acho que vai ser bem fofo, porque Landon, o melhor amigo de Tessa em After é uma cara bem sossegado, pelo menos mais tranquilo que o Hardin

Quando ele namorava a Dakota eu ficava bem curiosa para saber como era e agora finalmente eu vou ter a oportunidade.

 

14237582_1300721806635474_7731898207216916712_n

The Silent WatersBrittainy C Cherry

Data prevista para lançamento: 23/set

Eu amo essa mulher e vou protegê-la. O terceiro livro da Elements Series já está me deixando ansiosa. Eu amei The Air He Breathes (O Ar Que Ele Respira) e amei mais ainda The Fire Between High and Lo.

Se continuar nesse ritmo, The Silent Waters vai ser mais um sucesso no meu coração!

 

the goal

The GoalElle Kennedy

Data de lançamento: 26/set

Vai ter Elle Kennedy na minha wishlist duas vezes, SIM! Vai ter Off Campus duas vezes na minha wishlist, SIM! Hahaha eu já dei minha opinião sincera ai em cima e estou simplesmente pirando por causa desse lançamento! Estou muito ansiosa para saber a história do Tucker, que sempre foi um personagem amorzinho. VEM, JOHN TUCKER!

 

B-B-B-BÔNUS – Já que O Erro foi lançado antecipadamente, vou adicionar um livro nessa lista.

download

Novembro, 9 – Colleen Hoover

Data de lançamento: 26/set

Vocês entendem que esse mês todas as minhas escritoras favoritas resolveram se soltar!? Faltou só a Christina Lauren hahahaha (mas de outubro não passa). Enfim… A história de um escritor e sua musa improvável não podia faltar.

 

Arrasei ou não arrasei?

Sempre Foi Você
29.08.2016

Oi pessoal, tudo bom? Então, acabei de terminar o livro Sempre Foi Você que minha amiga Ju me emprestou. Ela amou e achou que talvez eu também pudesse gostar…

Na última noite de 1999, a britânica Hanna conhece o americano Richard. Eles existem em universos completamente diferentes: Richard é um estudante rico, enquanto Hanna leva a vida aos trancos e barrancos com a mãe. O relacionamento improvável entre os dois vira uma relação cheia de paixão, amor e aventura… E dessa história surge aquele questionamento que mexe no meu coração: Você daria uma segunda chance ao amor da sua vida?

 

Logo de início, a história não me conquistou. Fiquei irritada com a escritora descrevendo minuciosamente coisas fúteis, ao passo que coisas super relevantes aconteciam e ela só passava por cima. Os personagens criavam um vínculo tão forte em seus primeiros encontros que me deixaram exausta com tanta intimidade repentina. De começo, os protagonistas são adolescentes, mas falavam e faziam coisas de adulto, por isso estava achando difícil continuar.

sempre foi voce

Mas continuei e foi melhorando, pouco antes de chegar a metade, o livro me deu uma conquistadinha (sou difícil hahaha), entendi que era uma leitura para relaxar e não pra pensar demais.  Richard e Hanna conseguiram alcançar um nível muito bom de familiaridade, mas em nenhum momento senti aquela química explosiva. Até que TADAM! Eles começam a enfrentar seus dramas. Pra mim, os dramas foram os pontos altos da história toda, foi onde admirei a honestidade dos personagens e os reconheci como humanos.

Enfim, cada capítulo do livro nos dá uma data entre 1992 e 2012 e acompanhamos a evolução dos personagens na história. Não é um livro ruim, só acho que poderia ter sido melhor trabalhado, pois achei a história muuuuuuito corrida. A capa me conquistou, olha essa cor! Um romance tranquilo, calmo e que te deixa dando uns suspiros pelos cantos.

Mas e ai, vocês dariam ou não uma segunda chance para o amor?

sempre foi você

Ficha do Livro

Título: Sempre Foi Você

Autor: Carrie Elks

Editora: Universo dos Livros

Número de páginas: 312 páginas

♥ Minha nota para o livro: 3 / 5 estrelas

Cinco Livros Para Agosto
05.08.2016

Oi pessoal! Tudo bom? Esse post tá até um pouco atrasado, mas sem problemas! Só quero mostrar a seleção de livros que escolhi para ler esse mês. Simbora?

cinder e ella

♥ Cinder & EllaOram, Kelly

Esse eu já terminei e posso dizer que amei! Um ano após o terrível acidente de carro no dia do seu aniversário de 18 anos, Ella luta para lidar com a perda da mãe e as sequelas que o acidente lhe deixou. Para completar a situação, ela teve que atravessar o país e ficar sob a custódia do pai que a abandonou quando ela era criança. Ella precisa convencer os médicos de que ela é capaz, tanto física quanto emocionalmente, de viver sozinha, já que não se sente muito acolhida pela nova família do pai. O problema é que ela não está pronta ainda, mesmo assim ela decide dar um pequeno passo: se reconectar com seu melhor amigo da Internet, Cinder.
Brian Oliver é a nova sensação de Hollywood, mas o astro tem uma péssima reputação. Ele está sendo muito visado por causa de seu novo filme The Druid Prince, onde ele deixará o posto de ator teen para dar um passo rumo a uma carreira mais séria. Para isso acontecer, ele precisa provar que deixou seus dias de aventuras para trás e se tornou um adulto maduro, por isso sua equipe acha uma boa ideia colocá-lo em um falso noivado com a queridinha de Hollywood. Brian não está feliz com o arranjo, mas aceita pois toda a publicidade em torno do noivado, é um atalho para o possível Oscar. Mas o e-mail inesperado de uma velha amiga de Internet muda tudo.

 

mentiroso

♥ Mentiroso – Lauren, Christina

O quarto livro da série Selvagem foi o segundo que mais me conquistou, eu já tinha lido em inglês e como gostei, resolvi ler em português porque sou dessas. A London vive de um jeito muito tranquilo: está muito satisfeita em surfar todos os dias, trabalhar como bartender e sair com seus amigos. Porém, todos temos aquele dia em que nada da certo e nesse dia que ela conhece Luke e seu sorriso, e se pergunta: por que não? Afinal, é só uma noite. Luke, por sua vez, tem vivido no piloto automático com encontros casuais por tanto tempo que raramente se detém para pensar no que está fazendo. Depois de conhecer London, ele percebe que ainda não superou adequadamente o rompimento com sua ex-namorada de anos. Entretanto, ele deseja ir além com London… E eles precisam arrumar um jeito de lidar com seu passado.

 

harry potter

♥ Harry Potter and The Cursed ChildRowling, J. K. 

Me fala quem não, né? Eu graças a Deus já adquiri meu exemplar, mas como estava um pouco ansiosa na minha vida particular, decidi esperar um pouco pra ler. Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é muito fácil agora, já que ele é um funcionário cheio de trabalho no Ministério da Magia, um marido e pai de três crianças na idade escolar. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, precisa lidar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. Enquanto passado e presente começam uma sinistra fusão, pai e filho aprendem uma verdade desconfortável, pois a escuridão vem de lugares inesperados.

 

o ar que ele respira

♥ O Ar Que Ele RespiraCherry, Brittainy

Outro livro que li em inglês e gostei muito, então vou ler em português. Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

 

todo dia

♥ Todo DiaLevithan, David

Tanta gente fala desse livro e eu consegui comprar ele beeem barato! Dei sorte porque agora ele é o livro do mês no clube do livro. A acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

 

Acho que fiz boas escolhas, vocês curtiram? Já leram algum?

Beijos e até a próxima!

@lumanunesblog No images found!
Try some other hashtag or username