UMA RAZÃO PARA RESPIRAR
02.12.2021

Uma Razão Para Respirar é o primeiro livro da trilogia breathing e conta a história de Emma Thomas. A garota é,  à primeira vista, tímida, focada nos estudos e não gosta de chamar atenção para si. O que quase ninguém sabe é que ela vive puxando as mangas para baixo para esconder as marcas roxas.

A Emma mora com os tios e sua tia desequilibrada a agride físico, mental e psicologicamente.
A única pessoa com quem Emma pode contar, é a sua melhor amiga Sara. Isso até a chegada de Evan Matthews, um garoto lindo de morrer que parece não conseguir tirar os olhos dela.

Vamos começar falando da edição publicada pela editora Pandorga em 2014.
O livro de 494 páginas, possui páginas brancas e até a fonte é cansativa, além disso a tradução é horrível, super formal, cheia de notas de rodapé desnecessárias e erros de português – nota 0. Porém a história é cativante  o suficiente para não nos deixar desistir.

(mais…)

Eu escolhi respirar
15.12.2014

20141215_210809

 

A perda me desafiou a ser forte, mas foi o amor que me ajudou quando fui fraca. Eu era uma sobrevivente.

 

Acabou? Uau! Ufa… e Uau!

É estranho chegar ao final de uma estória, principalmente quando é uma daquelas que te faz pensar na vida. O último livro da trilogia Eu Escolhi Respirar me deixou… Sem fôlego.

Senti raiva da Emma, do Evan e da Sara, mas também me senti preocupada, depois relaxada e finalmente feliz 😀

Tentei odiar a Emma – que está fazendo burrada atrás de burrada – mas é impossível odiá-la quando sabemos o quanto ela sofreu. Gostaria que ela tivesse procurado um terapeuta, senti falta disso.

XMAS 1

A Rebecca Donovan me cativou mais uma vez, dessa vez pelo jeito diferente como ela intercalou os pensamentos da Emma e do Evan. E por falar em Evan, adorei conhecê-lo melhor e ver que ele não é perfeito – afinal de contas, ninguém é mesmo.

Precisamos sempre ser sinceros, mesmo quando é difícil. E você precisa saber que eu também não sou perfeito. Eu fiz coisas erradas, e eu sinto muito. Mas agora já fiz.

Dois anos se passaram desde que Emma deixou Evan para trás e agora eles finalmente se reencontraram, mas tudo está diferente.

Amei as novas amigas da Emma – Serena é a minha favorita (espero que a Sara não fique enciumada >< ) e os amigos que Evan sempre falava também resolveram aparecer e eu me apaixonei um pouquinho por cada um deles – em especial pelo Brent.

Sim, eu te amo. E sei que você não é a mesma. Mas eu estou apaixonado por você, Emma. Eu me apaixonei por você de novo durante esse verão. As pessoas mudam. Eu sei disso. E vamos continuar a mudar. E isso significa apenas que eu vou me apaixonar por você de novo.

Gostei do desfecho de todos os personagens, principalmente o do Jonathan – sim, ele aparece! Mas fiquei chateada com o desaparecimento repentino de dois personagens, em particular.

A editora Pandorga voltou a fazer um ótimo trabalho, embora eu ainda tenha encontrado alguns errinhos.

Então sim! Estou de ressaca literária :/ amei a série! A capa que mais gostei foi a de Uma Razão Para Respirar e o livro foi o Quase Sem Respirar.

20141215_210414

Escolhi essas duas músicas para fazer parte da minha trilha sonora para a trilogia Breathing.

Beijocas e até a próxima :*

Quase sem respirar
09.12.2014

LUMA 5

Depois de ter lido Um Razão Para Respirar, fiquei super ansiosa para a chegada de Quase Sem Respirar e… SURPRESA!

Gostaria de parabenizar a editora Pandorga que deixou muito a desejar no primeiro livro da trilogia, mas que buscou melhorar e o fez muito bem. Mudaram as páginas para amareladas, a fonte também mudou e já não há mais tantos erros e os que tem não são tão cabeludos.

Enfim… Depois do final bombástico do livro anterior, Quase Sem Respirar começa um pouco mais leve. Senti falta do Evan no início e é um livro que ele aparece pouco, porém, em todos os momentos eu me apaixonei mais um pouquinho pela sua sensatez.

LUMA 2

Emma decide dar uma chance para a mãe e vai morar com ela, mas a convivência é tensa e cheia de barreiras, principalmente porque Rachel é alcoólatra. Gostei de como a trama mudou, sem desviar do tema central, a leitura fluiu de maneira muito confortável.

Seu coração irá parar com o misterioso Jonathan – namorado de Rachel. O que mais gostei é a capacidade da escritora transmitir as sensações para o leitor. Senti meu rosto pegar fogo várias vezes e me senti hipnotizada pelo olhar de Jonathan.

Porém, fiquei chateada com a Emma, tentei entendê-la e me colocar em seu lugar, mas é uma personagem de difícil acesso.

Novamente um final interessante que me deixou roendo as unhas para ler o desfecho, não vejo a hora.

LUMA 4

Ah ganhei esse livro de presente de aniversário da Aninha! Obrigada chuchu. Fiquei muito satisfeita!

Espero que tenham gostado da minha indicação!

Beijocas e até a próxima!

@lumanunesblog