LOGLINE
14.08.2020

LOGLINE – Imagina que você escreveu um livro muito bom e está em busca de uma editora, mas não está fácil. De repente você entra em um elevador e logo em seguida o editor da sua editora dos sonhos também entra. Ele vai sair um andar antes do seu, portanto é a oportunidade perfeita para você vender seu peixe. Então, como você contaria a sua história em um minuto?

Esse é o conceito da Logline: contar a sua história de uma forma breve e atrativa.
O quão breve? Bem, em uma ou duas frase. Veja bem esse exemplo:

Quando uma aspirante a atriz termina um longo relacionamento, ela se joga em uma noite sem compromissos com o festeiro e adorado jogador de Hockey da universidade. Era só uma noite, mas desenrola para algo mais, agora eles só precisam superar as diferenças.

Essa é a logline do livro O Jogo (série off campus da Elle Kennnedy). Portanto, aqui estão algumas dicas para construir uma boa logline:

SEJA BREVE

O intuito aqui é vender sua história de forma rápida, apenas um resumo que englobe sua premissa e conquiste o seu leitor. Você pode usar a fórmula básica que é:
O QUE? (o que aconteceu para sua história começar?)
QUEM? (o(s) seu(s) protagonista(s)
POR QUE? (o objetivo da sua narrativa)

NÃO DIGA O NOME DO PERSONAGEM

Nesse primeiro momento, o nome do personagem não é relevante, portanto evite nomeá-los. Você pode se referir a eles usando adjetivos e/ou suas profissões, por exemplo.

PREMISSA E PONTO DE VISTA

Não esqueça de deixar claro o tema central da sua história e colocar um ponto de vista.
O que o personagem tem a perder?

Além disso, um bom exercício é pegar os seus livros favoritos e tentar criar uma logline pra eles (igual eu fiz ali em cima com O Jogo), usando esse macete:

Quando (incidente inicial), uma (descrição do personagem) vai ter que (objetivo do protagonista).

Outra coisa que me ajuda é separar por blocos antes de chegar no resultado final. Olha só um pouco do meu processo criativo:
O QUE?
Cami: sofreu um aborto espontâneo e terminou um relacionamento abusivo.
Chris: suicídio da mãe e irmã com problemas com drogas.

QUEM?
Cami: estudante de direito que sonha em ser ilustradora.
Chris: músico, rebelde.

OBJETIVO: superar os problemas individuais e sobreviver aos novos conflitos.

A LOGLINE DO MEU ROMANCE

Depois de passar por um traumático aborto espontâneo e terminar um namoro abusivo, uma aspirante a artista só pensa em organizar sua vida e viver o sonho de ser ilustradora. Ela não esperava conhecer um músico rebelde cujo as músicas tocam sua alma, agora eles precisam lidar com seus traumas e juntos sobreviver aos conflitos do dia-a-dia.

Então é isso, espero que tenham ficado com vontade de ler hahah e que tenha ficado claro o conceito de logline.
Boa escrita e até a próxima!

1 comentário

  • […] me perguntado: por que contamos histórias e por que isso é tão importante?Recentemente, fiz um curso de roteiro para iniciantes cuja primeira aula foi esse questionamento. Por isso, achei válido vir […]

  • Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    @lumanunesblog