INFINITO + UM
26.07.2018

Oi gente! Estou super empolgada para falar sobre esse livro que tenho na estante desde 2015 e não sei porque nunca tinha lido, pois já conhecia o trabalho da escritora de Beleza Perdida e amava!

Vou ser muito cautelosa para não dar spoilers porque Infinito + Um é cheio de truques que fazem a gente se apaixonar pelos mínimos detalhes da história.

A história

Vocês já ouviram falar em Bonnie e Clyde, o casal de ladrões apaixonados que morreram de forma trágica? Então essa história de amor real e perigosa é contada paralelamente a história de Bonnie Rae Shelby e Finn Clyde.

Bonnie é uma pop star muito famosa, mas está perdida e acha que quer morrer. Já Finn é um zé ninguém, mas não um zé ninguém qualquer. Ele é um gênio da matemática.

Estranhas circunstancias (muito estranhas mesmo e é ai que mora a magia da história) juntam o garoto que quer esquecer o passado e a garota que não consegue enfrentar o futuro.

Eles viajam por ai tendo só um ao outro, se divertido, causando problemas e ajudando quem precisa <3

O que eu achei

Esses dias eu estava procurando uma tag para responder, eu devia dizer qual a minha cena de beijo favorita, mas não consegui pensar em absolutamente nenhuma e isso me deixou muito triste. Senhoras e senhores, informo-lhes que esse problema foi solucionado. O primeiro beijo de Bonnie e Finn me tirou o fôlego.

Finn é fácil de gostar, me apaixonei.  Ele é silencioso, mas sempre diz as coisas certas, o passado dele é sombrio e ele não gosta de pensar sobre isso, adoro a mistura de bom moço com rebeldia. Ele é um personagem delicadamente apaixonante.

Bonnie é atrevida, ácida, mas tem o coração do tamanho do universo. Amei ver o crescimento dela no decorrer da trama.

Meu personagem favorito é o William! Adoro todo o misticismo doido dele e me diverti muito. Afinal, como não amar quem acredita em Bonnie e Clyde? 😉

Trechos

O tempo pode curar todas as feridas, mas não é nenhum cirurgião plástico.

Que tal isto para uma equação? Bonnie mais Finn é igual a um grande picolé.

A tatuagem é uma lembrança de que as escolhas feitas no desesperoo quase sempre são escolhas ruins.

A voz de Deus não era como água correndo, era o silêncio.

O infinito é um número imaginário?

Quem é o gênio agora?

Infinito + Um

Autor: Amy Harmon Ano: 2015 Páginas: 336 Editora: Verus Nota: 5/5

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@lumanunesblog