Intenso Demais
05.01.2015

Olá pessoal! Como estamos de primeira segunda feira do ano?

Eu estou ótima, pois comecei a semana com o pé direito ao terminar: Intenso Demais.

DSCN1841

Well, well… Leitura polêmica, minha gente! Eu já tinha lido e nessa primeira ocasião, fritei meu cérebro, li em uma sentada e me decepcionei com o final. Mas dessa vez, foi diferente, fui com calma e cheguei a conclusão de que a Kiera é a personagem mais irritante da minha estante.

O que fazer quando você

Se apaixona pelo cara perfeito.

Mas já está amando o cara certo?

Essa é a chamada da capa. Me interessei pela trilogia Rock Star porque a escritora é independente e eu admiro muito essa batalha, e o livro me prendeu.

Kiera resolveu recomeçar a vida ao lado do namorado perfeito, Deny, em outra cidade. Tudo ia as mil maravilhas, até ela conhecer Kellan Kyle *suspiro*, o roomate ‘rock star’ deles.

Você já imagina o que acontece dai pra frente.

Tudo bem, o Deny teve uma parcela de culpa na coisa toda, mas fiquei muito aborrecida com a Kiera e em NENHUM momento senti empatia por ela.

Deny era um lago de água fresca: seguro, sereno, e, principalmente, estável. Kellan… Kellan era o fogo: apaixonado, emotivo e ardente.

Não posso dizer o mesmo do Kellan, me apaixonei cada vez mais em cada linha. Carismático, engraçado – e espero, sinceramente, que exista uma escola de ‘como ser frio em 10 lições – professor Kyle’ –  rs embora às vezes, tenha sentido ele muito ‘submisso’, acabou me conquistando.

DSCN1844

Gostei das partes em que eles paqueravam “inocentemente”. Mas senti um amargo na garganta a ver a Kiera fazer o Deny de bobo o tempo todo, porque ele não mereceu! (ninguém merece, né gente!?) Achei ela hipócrita, indecisa e até mesmo dissimulada, enfim… Irritante. Mas mesmo assim, o final me surpreendeu e eu tinha odiado na primeira leitura e agora simplesmente amei.

Eu queria protegê-lo, curá-lo, daria tudo para fazer sua dor passar. A frieza, a irritação, as mulheres, Deny, o certo e o errado – a dor nos olhos dele fez tudo mais evanescer.

Acho que a editora deixou a desejar com as folhas brancas e também achei as letras pequenas, o livro contém 463 páginas e como você fica na ânsia para ler, acaba ficando uma leitura pesada, embora valha muito a pena.

Ah o título original é: Thoughtless – algo como Inconsequência… Pesado.

Já comecei o segundo livro da trilogia… me aguarde! 😉

2 comentários

  • […] Oi gente! Tava morrendo de saudade de escrever no Turistando! Resolvi voltar com tudo e falar sobre Seattle: a cidade que esteve presente nas minhas últimas leituras, especificamente em Cinquenta Tons de Cinza e a Trilogia Rock Star. […]

  • Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    @lumanunesblog