TODA SUA
20.11.2014

DSCN1733

Toda Sua

“É possível que duas vítimas de abuso tenham uma relação romântica saudável?”

Em 2013/2014 os sex sellers eram a febre do momento. Então com o sucesso de 50 tons de cinza, os livros considerados hot deixaram os cantinhos das livrarias e se tornaram protagonistas. Toda Sua não foi diferente, o primeiro livro da série de cinco, conquistou muita gente. Mas, euzinha fiquei indignada com a semelhança entre os dois livros, porém a estória foi tomando personalidade – LENTAMENTE, mas vai.

“Meu amiguinho e eu temos uma relação bem clara – quando a brincadeira acaba, sabemos exatamente quem foi usado, e esse alguém nunca sou eu. Boa noite, Gideon.”

A Eva é uma personagem que, à primeira vista, parece ser uma mulher forte e a gente até cria certa empatia por ela fugir daquele estereótipo de mocinha sonsa, mas depois de poucas páginas, ela se mostra desequilibrada e se desenvolve de maneira confusa com uma trama muito pesada. Então, minha cabeça ficou meio cheia depois da leitura.

DSCN1730

Ele não era apenas lindo, era… fascinante. O tipo de cara que faz uma mulher querer abrir sua camisa em um único puxão e ver os botões irem abaixo junto com as inibições.

O Gideon me irritou muito no começo do livro, não tive nenhum interesse por ele e em algumas circunstâncias sua abordagem me causou certo asco, porém é um personagem que se desenvolveu bem melhor que a Eva e no final até bati palmas por ele suportar ela. Então, arrisco dizer que ele é bem mais carismático que o Christian  (odeio ter que fazer essas comparações, mas é porque a Sylvia Day tava pedindo).

“Dã. Você é lindo, gostoso e muito bem dotado.”
“Fico feliz com sua aprovação. Também sou podre de rico.

Apesar de perceber o crescimento do Gideon, ele ainda precisa aprender deixar de ser mala! Super controlador, possessivo e cara de pau. Que preguiça dessa mania de achar que tudo se resolve com sexo.

 O livro é BEM erótico. Pela putaria insistimos, mas não recomendo. Quando busco livros assim, procuro algo divertido, não espero algo super bem escrito, mas também não pode ser 100% esculachado.
A mulher coloca um monte de sexo com protagonistas altamente traumatizados e problemáticos, romantiza amor patológico e posse, entre outras problemáticas. Os personagens são deuses gregos, o enredo não é cativante, então é como ler um livros de 10 páginas.
“Vá para casa, Gideon. Por favor.”
“Eu estou em casa.” Ele me agarrou por trás e enfiou o rosto nos meus cabelos ensopados. “Estou com você.”
DSCN1728

Aprendi coisas novas, tipo a doença do Gideon: parassonia sexual atípica e o Krav Maga – arte marcial praticada pela Eva. Não recomendo a não ser que você esteja procurando um roteiro pornô. Nesse caso então, vá em frente.

Até a próxima! então 

2 comentários

  • […] pessoal, voltando a falar da série Crossfire, Profundamente Sua começa exatamente onde parou Toda Sua, com outra descrição fabulosa de New York <3 […]

  • […] VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE LER A RESENHA DE TODA SUA […]

  • Deixe seu comentário

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    @lumanunesblog