A PACIENTE SILENCIOSA
12.06.2019

A PACIENTE SILENCIOSA
Autor: Alex Michaelides
Editora: Record
Páginas: 350 
Sinopse: Um assassinato, uma verdade oculta. As raízes do silêncio são muito mais profundas do que se pode imaginar. 
Alicia Berenson escreve um diário para colocar suas ideias em ordem. Ele é tanto uma válvula de escape quanto uma forma de provar ao seu adorado marido que está bem. Ela não consegue suportar conviver com a ideia de que está deixando Gabriel preocupado, de que está lhe causando algum mal. 

Alicia Berenson tinha 33 anos quando matou seu marido com cinco tiros. E nunca mais disse uma palavra. O psicoterapeuta forense Theo Faber está convencido de que é capaz de tratar Alicia, depois de tantos outros falharem. E, se ela falar, ele será capaz de ouvir a verdade?
Nota: ♥♥♥

Sobre a história

Alicia é, há cinco anos, paciente no hospital psiquiátrico Grove. Ela vive invisível ali entre outras pacientes depois de ter matado com cinco tiros no rosto o marido Gabriel. Depois disso, ela nunca mais falou e é através de seus diários que temos vislumbres dos momentos que antecederam a morte do marido.
Theo Faber é um psicoterapeuta que enxerga em Alicia um desafio. Fazer a paciente falar vai ser o suprassumo da sua carreira, mas pode lhe custar caro.

O QUE EU ACHEI DE A PACIENTE SILENCIOSA

Eu não aprendo. A Paciente Silenciosa era o assunto principal do meu instagram, consequentemente, isso me despertou o desejo de compra e criou uma expectativa pesada. Expectativa essa que, infelizmente, não se cumpriu.
Não que o livro seja ruim, mas achei absolutamente nada demais.

O ruim de falar sobre livros de suspense é que não dá pra entregar demais. Mas o que eu posso dizer é que, primeiramente, estava empolgada, depois achei cansativo e ai quando faltava cem páginas pra acabar, comecei a me dar conta do que estava acontecendo e voltei a ficar empolgada. Mas sinceramente não precisa pensar muito pra entender o que aconteceu. O final tem um plot twist interessante, mas eu já estava meio desconfiada, então, não fiquei tão impactada.

Ah, um dos pontos que me incomodou bastante foi o prazo dado para que a paciente pudesse voltar a falar, achei muito pretensioso e isso me tirou um pouco da história, mas nessas horas é importante fingir demência.

Em outras palavras, não valeu todo alvoroço. Embora, no geral, o livro seja bem escrito e tudo mais, senti que não entregou o que prometeu. Ainda assim, acredito que vai dar um bom filme, visto que o escritor é roteirista.

E é isso, pessoal. Espero que tenham gostado da minha opinião. Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@lumanunesblog No images found!
Try some other hashtag or username