STORY CUBES
29.04.2020

Oie! Ontem nos stories chamei vocês para brincarem de Story Cubes comigo.
Story Cubes é um joguinho bem bacana e criativo. São 9 dados (54 figuras) e só.

INSTRUÇÕES

Ao jogar os dados, observamos as faces que estão viradas para cima.
Cada imagem é um elemento de uma história que você vai inventar, então seja criativo!.
A sugestão é usar 3 dados para o início, 3 para o meio e 3 para o final.

Então aqui está a historinha maluca que eu inventei! Pega um papel e uma caneta e vem jogar comigo!

STORY CUBES #1 – O INCENDIÁRIO

(mais…)
QUERIDO MENINO // FILME
06.04.2020

Não sei como ou porquê ouvi falar de Querido Menino, mas fiquei morrendo de vontade de assistir, principalmente porque gosto muito do Timothée Chalamet e também porque eu tava meio nessa vibe de ler/assistir dramas familiares.
Então, vamos entrar no clima:

Beautiful Boy (título original) conta a história real de David e Nick Sheff, pai e filho escreveram os livros cujo o filme é baseado. Na trama, Nic é um garoto promissor, que ama a sua família, mas que acaba conhecendo as drogas muito cedo.
Filho de pais separados, a figura da mãe é quase irrelevante, mas o pai é seu melhor amigo.

“Cautelosamente, eu me permiti me sentir bem algumas vezes.”

Aos 12 anos, Nic começa a usar drogas, o filme mescla passado e presente de forma não linear, fazendo com que tenhamos vislumbres da infância do garoto para entender alguns fragmentos que o levaram até o ponto alto da história.

(mais…)
SERIADO: VOCÊ (2ª TEMPORADA)
16.01.2020

VOCÊ

Título Original: You
Onde assistir: Netflix
Episódios: 10 – 42 min aproximadamente.
Sinopse: Você – A nova temporada mostrará que Joe tem uma nova obsessão. O alvo dessa vez é Love Quinn (Victoria Pedretti) uma aspirante a chef de cozinha que trabalha como gerente em uma mercearia.
Uma das coisas que vai mudar a dinâmica de Joe é que a jovem não se interessa por redes sociais. Mas Quinn terá uma tristeza profunda e por isso sentirá uma forte ligação com Joe.
A trama será levemente baseada no livro Hidden Bodies, continuação de You, escrita por Caroline Kepnes. (fonte: omelete)
Minha Nota: ♥♥♥♥♡

(mais…)
OS TREZE PORQUÊS
21.10.2019

OS TREZE PORQUÊS

Título Original: 13 Reasons Why
Onde assistir: Netflix
Episódios: 13 – 42 min aproximadamente.
Sinopse:  Em os Treze Porquês, Clay e seus amigos estão lutando para lidar com o encobrimento da tentativa de massacre de Tyler no Baile da Primavera, ajudando-o a se recuperar. No entanto, as tensões amargas atingem um ponto de ebulição durante a festa de boas vindas da Liberty High, o que resulta no assassinato de Bryce Walker. Os estudantes da Liberty High são mais uma vez forçados ao microscópio, já que a investigação da morte de Bryce ameaça expor seus mais obscuros segredos.

Minha Nota: ♥♥♥♡♡

(mais…)
3 PODCASTS QUE EU GOSTO MUITO
06.09.2019

Oi gente, hoje vim trazer pra vocês três podcasts que eu gosto bastante e o mais legal é que tem para todos os gostos. Como estudante de jornalismo, enxergo os podcasts hoje, como o futuro do rádio, um não precisa deixar de existir pelo outro, mas hoje as rádios podem disponibilizar entrevistas em seus Podcasts para que esse conteúdo não se perca, por exemplo. Enfim, vamos lá.

(mais…)
DOCUMENTÁRIO: FYRE FESTIVAL
07.02.2019

Fyre Festival: Fiasco no Caribe

Título Original: FYRE
Onde assistir: Netflix
Duração: 1h37min
Sinopse: Fascinados pela promessa de um festival luxuoso nas Bahamas, centenas de pessoas compraram pacotes que custavam de 10 a 100 mil dólares com direito a acomodações de luxos, apresentações musicais e as melhores comidas e aventuras. No entanto, ao chegar lá eles se depararam com um terreno ainda em construção e algumas tendas. Do dia para a noite, estavam presos em uma ilha deserta com condições instáveis e mudanças climáticas agressivas.
Minha nota: ♥♥♥♥♥

Gente, tudo bem? Assisti esse documentário semana passada e estou até agora perplexa, vou contar a historinha mais ou menos pra vocês e preparem-se para um mix de sentimentos.

(mais…)
SERIADO: VOCÊ
15.01.2019

VOCÊ

Título Original: You
Onde assistir: Netflix
Episódios: 10 – 42 min aproximadamente.
Sinopse: Guinevere Beck (Elizabeth Lail) é uma aspirante a escritora, que vê sua vida mudar completamente ao entrar em uma livraria no East Village, onde conhece o charmoso gerente, Joe Goldberg (Penn Badgley). Assim que a conhece, Joe tem certeza de que ela é a garota dos seus sonhos, e fará de tudo para conquistá-la — usando a internet e as redes sociais para descobrir tudo sobre Beck. O que poderia ser visto como paixão se transforma em uma obsessão perigosa, uma vez que Joe não vai medir esforços para tirar de seu caminho tudo e todos que podem ameaçar seus objetivos.

Minha Nota: ♥♥♥♡♡

(mais…)
Com Amor, Simon // Filme
11.04.2018

Com amor, Simon é a adaptação do livro Simon Vs A Agenda Homo Sapiens, saca a resenha do livro aqui.  Já posso começar dizendo que, pra mim, o filme é 10/10.

Simon tem 16 anos, uma família super cool e amigos incríveis. Mas também tem um segredo que só compartilha com o misterioso Blue através de e-mails: ambos são gays e ainda não estão prontos para se assumir.

Uma das partes mais legais é quando Simon não consegue entender porque precisa sair do armário. Afinal de contas, nenhum dos seus amigos héteros precisou reunir a família pra falar: alô, estamos todos aqui porque preciso dizer que sou hétero.

O problema é que o mala sem alça da escola flagra os tais e-mails e começa a chantageá-lo… E é ai que as coisas começam a se apertar.

Minha Opinião

Me diverti muito com o filme, mas chorei também. Consegui me emocionar junto com os personagens. Tenho certeza absoluta que foi um filme muito importante para quem passa/passou pela mesma situação.

Amei o quarto do Simon, mas senti falta de algumas características que foram muito citadas no livro e que daria 0 trabalho pra colocar no filme, como o fato de Simon ser viciado em Oreo (até rolou, mas bem sutilmente) ou o gosto musical perfeito do personagem…

No geral, achei bem fiel ♥

Ficha Técnica

Título Original: Love, Simon

Distribuidor: Fox Film do Brasil

Ano De Produção: 2017

Tipo De Filme: Longa-Metragem

Nota IMDB: 8,1 / 10

Minha Nota: 10 / 10

Jean-Michel Basquiat
06.03.2018

Eu nunca visitei uma exposição de arte. Vou pra São Paulo, onde está acontecendo gratuitamente a exposição das obras de Jean-Michel Basquiat da coleção Mugrabi. Estou feliz porque minha primeira exposição já vai ser de um artista que gosto muito.

Conheci o artista aleatoriamente (as melhores coisas da vida acontecem assim, né?) assistindo o DVD do Marcelo D2, ele tava usando uma camiseta escrito Basquiat nas costas, curiosa que sou, pesquisei e nunca fiquei tão feliz por ter pesquisado algo.

Jean Michel Basquiat Untitled (Bracco di Ferro), 1983 Acrylic and oilstick on canvas with wood supports 182,9×182,9 cm (© The Estate of Jean-Michel Basquiat. Licensed by Artestar, New York/Divulgação)

Basquiat foi um artista americano (ele morreu aos 27 anos em 1988, de overdose) que começou fazendo grafite e assinava sempre como SAMO shit (sempre a mesma merda). Ano passado, um de seus quadros foi vendido por 110,5 milhões de dólares (chocada), sim, ele é o artista americano mais caro da história.

Procissão | 1986 | Acrílico e relevo de madeira | 162 x 243,99 cm (© The Estate of Jean-Michel Basquiat. Licensed by Artestar, New York./Divulgação)

O trabalho de Basquiat é neoexpressionista, com grande influência na arte urbana, e bastante amplo: desenhos, colagens, gravuras e até pinturas em pratos de cerâmica. Seus desenhos são formas simples e dinâmicas. Me identifico bastante com a forma de ele trabalhar a tela, não se atendo apenas as tintas, mas fazendo uma festa com acrílicas, giz de cera e até mesmo colagem de papéis.

Sem título (Penas e Alcatrão Amarelo) | 1982 | Acrílico, tinta a óleo em bastão, giz,colagem de papel e couro em painéisde madeira | 245 x 229 cm (© The Estate of Jean-Michel Basquiat. Licensed by Artestar, New York./Divulgação)

Já vi que pode fotografar na exposição, então depois eu volto pra contar como foi <3

Basquiat em São Paulo: Obras da Coleção Mugrabi

Quando: De 25 de janeiro a 7 de abril de 2018

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Álvares Penteado, 112  (Centro)

Horário: Das 9h às 21h (não abre às terças)

Quanto: Grátis

É possível agendar horário de visita e evitar filas, no site do CCBB.

Produtora: Art Unlimited

Curadoria: Pieter Tjabbes

Patrocínios: BB Seguridade, Brasilcap, Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre

Corra! // Filme
04.03.2018

Vamos bater um papo cabeça agora: se vocês quiserem que eu assista um filme, não crie muitas expectativas, não fale que você amou e que é incrível, porque eu sempre coloco muito expectativa em tudo haha. Foi  o que aconteceu com Corra! Vários elogios vindo de todos os lados, muitos comentários comparando esse longa a outro que eu amo: A Chave Mestra. Então, assisti com grande expectativa e acho que atrapalhou tudo.

Na minha humilde opinião, o que valeu a pena mesmo foi assistir a atuação do Daniel Kaluuya que é o protagonista. A história é muito simples: Chris (Daniel Kaluuya) vive um relacionamento interracial com Rose (Allison Williams). Eles vão passar o final de semana na casa dos pais de Rose, para que todos possam se conhecer. Apesar de ser muito bem acolhido pela família branca da namorada, Chris não consegue deixar de notar a estranheza da família e seus amigos…

A todo instante é nos apontado paralelos entre ser branco e negro. No inicio do filme mesmo, quando um negro é visto andando em um bairro de classe média alta, sentindo-se ameaçado ou até mesmo quando o melhor amigo de Chris diz que não é uma boa ideia conhecer os pais da namorada branca… Ou com o simples fato de mudar toda a perspectiva de que os negros são os primeiros a morrer nos filmes.

Daniel é muito expressivo, eu fiquei real angustiada por ele. Dos indicados a melhor ator, eu só assisti Me Chame Pelo Seu nome que concorre com Timothee Chalamet, então sei que tá difícil mesmo, mas estou torcendo bastante para que Corra! vença nessa categoria… Não é que o filme seja ruim, achei interessante demais, mas também deixou a desejar. Confesso que filme de terror não é meu forte, prefiro suspense de gelar a barriga… Na história do Oscar, apenas seis filmes de terror foram indicados ao Oscar e o único que ganhou foi Silêncio dos Inocentes.

Ficha Técnica

Título Original: Get Out

Distribuidor: Universal Pictures

Ano De Produção: 2017

Tipo De Filme: Longa-Metragem

Nota IMDB: 7,7 / 10

Minha Nota: 7 / 10

A Forma Da Água // Filme
03.03.2018

A Forma da Água foi o filme que mais recebeu indicações ao Oscar esse ano: 13, entre elas a de melhor filme e foi dirigido por Guillermo Del Toro (O Labirinto Do Fauno). O filme é poesia pura e conta a história de Eliza, uma zeladora muda (que mulher!) que trabalha em um laboratório onde um “monstro” anfíbio é mantido em cativeiro para estudos científicos. Uma história de amor é contada, Eliza e a criatura se apaixonam e com ajuda do vizinho e de sua colega de trabalho ela tenta libertar a criatura.

Falando assim, a sinopse parece não englobar a beleza do filme… Eu adorei a paleta de cores e a protagonista muda aguça todos os nossos sentidos, ela é tão delicada! Quanto a criatura, adorei as expressões e como ele é selvagem e ingenuo ao mesmo tempo. Esperava um envolvimento, digamos… menos sexual entre eles, mas fui deliciosamente surpreendida. O longa é charmoso e sexy e o que eu mais amei: não exige perfeccionismo de ninguém, é do jeito que é e tudo bem, sem maiores explicações.

Eu tô muito encantada. Porém, achei o filme superestimado devido as indicações, não é o meu favorito, mas é sem dúvidas uma bela história de amor <3

Ficha Técnica

Título Original: The Shape Of Water

Distribuidor: Fox Film do Brasil

Ano De Produção: 2017

Tipo De Filme: Longa-Metragem

Nota IMDB: 7,7 / 10

Minha Nota: 8 / 10

Dunkirk // Filme
03.02.2018

Voltamos com a programação Oscar <3 Dunkirk foi o primeiro filme que assisti, na época eu não sabia que ele ia concorrer e sim, fui assistir por causa do Harry Styles and Thomas Hardy.

O filme foi filmado sob três perspectivas: terra, mar e ar. Conta a história de quatro mil soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França que ficaram cercados pelos alemães na Segunda Guerra Mundial em Dunquerque e aguardam resgate no meio da guerra.

Terra

O conflito em terra foca em três personagens: Tommy, que depois de escapar de um ataque alemão nas ruas de Dunquerque consegue chegar a praia onde conhece Gibson. Juntos eles fazem tentativas frustradas de serem evacuados com os soldados feridos em navios. Em uma dessas tentativas, eles se juntam ao Alex (meu Harry Styles). E o resto é história, não posso revelar muito por motivos de spoiler.

Mar

Enquanto os soldados tentam fugir a qualquer custo, no mar, vários barcos particulares são requisitados para ajudar na evacuação. Aqui conhecemos o Sr. Dawson, que ao invés de entregar o barco para a marinha, decide ir ele mesmo, junto com seu filho Peter e seu amigo Charles. No meio do caminho, eles resgatam do meio de destroços de um navio um soldado traumatizado. E o resto, vocês sabem, é história.

Ar

No ar, três pilotos sobrevoam o canal da mancha, com o objetivo de dar assistência aérea para os soldados de Dunquerque. Só que o medidor de combustível de um deles quebra, mesmo assim ele continua firme no proposito de destruir um avião inimigo.

Enfim. É difícil falar assim porque são muitos detalhes. É um filme extremamente visual, fotografia impecável, muito linda mesmo e os sons, uau! Sai do cinema muito impressionada com a produção. Pouquíssimos diálogos (muito pouco mesmo), o que deixa o filme ainda mais genial. Todos os personagens tem uma sede muito bonita pelo heroísmo, fiquei bastante emocionada.

Meu Harry Styles foi maravilhoso e Tom Hardy, Tom Hardy, né mores? O filme foi dirigido por um dos meus diretores favoritos: Christopher Nolan, ele é a mente brilhante por trás de alguns filmes do Batman (sim, o do Coringa do Heath Ledger, inclusive), A Origem, Interstellar e outros filmes fodas.

Ficha Técnica

Título Original: Dunkirk

Distribuidor: Warner Bros

Ano De Produção: 2017

Tipo De Filme: Longa-Metragem

Nota IMDB: 8,1 / 10

Minha Nota: 10 / 10

 

@lumanunesblog