EU, LUMA NUNES, 28 ANOS, SOLTEIRA E PERDIDAÇA
02.03.2021

Um relacionamento morre e uma pessoa solteira nasce.
Bom, a última vez que eu fui solteira foi em 2010, o tinder só surgiu dois anos depois disso (avalie meu desespero agora).

Na escola, era fácil fazer as coisas acontecerem e ainda tinha toda a excitação do proibido. Bilhetes passados por debaixo das carteiras, beijos atrás da quadra, troca de olhares durante o intervalo… Uau!
Onze anos se passaram e aqui estamos de novo. Solteira, inexperiente e com um mundo selvagem pronto para ser desbravado… Exceto que às vezes o mundo não está pronto pra você (uma cortesia coronavirus). Pois é…

No começo, damos passos tímidos e tentamos entender o mundo ao nosso redor: tinder, relacionamento aberto, pedidos inusitados, como assim esse gato mora na minha rua e eu nunca tinha visto???
Mas então você vai pegando confiança, fica solta e tudo se encaminha para o sucesso.
Mas ai é que tá, paquera não é unilateral, precisa de pelo menos mais uma pessoa disposta.

HOUSTON, WE HAVE A PROBLEM!

Conversa fiada, bolo, drama… mais conversa fiada e muito mais drama!!!!
Eu morria de medo de ficar amargurada, morria de medo de morrer sozinha (drama), mas o tempo é realmente importante (é, eu sei…). Estar sozinha é difícil, porém mais difícil que isso é saber se amar e manter um relacionamento saudável consigo mesma.

Eu aprendi bastante coisa, mesmo tendo vivido pouco a solteirice. 
Quando estamos inseguras somos mais permissivas e isso machuca bastante.
Ter um tempo para entender o que está acontecendo e o que o que vai acontecer dali pra frente é essencial para as coisas se manterem em ordem.
Se conheça, entenda quais são os seus valores e o que você pretende alcançar. Seja honesta, aberta e não pode ter medo também.
As coisas parecem bem caóticas no começo, mas logo tudo se coloca dentro das devidas gavetas. É só lembrar que a vida é curta e que não viemos a passeio.
A coisa que mais importa agora é ser feliz.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@lumanunesblog