HASHTAG
13.10.2020

Hashtag – Quando falamos sobre mídias sociais é sempre bom lembrar que não existe mágica e sim estratégia, com as hashtags não é diferente. Seis anos atrás eu fiz um post sobre o jogo da velha.

Na época eu estava super confusa sobre a novidade que surgiu no Twitter e rapidamente se espalhou pelas plataformas.

A hashtag ou jogo da velha, para as crianças dos anos 90, é usada antes de um termo para gerar uma interação dinâmica na rede social em que é utilizada. Esse símbolo otimiza e ajuda seu conteúdo ter mais alcance dentro da comunidade. Para isso você escolhe as melhores dentro do seu nicho e segue algumas regras para não surtir efeito contrário.

(mais…)
IDENTIDADE VISUAL
07.10.2020

O trabalho de identidade visual é bem complexo. Não basta jogar elementos aleatoriamente, exige todo um estudo por trás de cada coisa para que o resultado seja coerente com a proposta da marca.

No caso da minha identidade visual, eu quis trazer a ideia de conforto e memórias, para isso usei as minhas lembranças e as cores ao meu favor.

Fiz um breve estudo para chegar no resultado, fiz um brainstorm sobre o que eu penso quando falo sobre mim e pedi pra algumas pessoas fazerem o mesmo.

(mais…)
BRANDING
26.09.2020

Branding – Estratégia, posicionamento digital, autoridade, comunidade… Quem gosta e/ou trabalha com internet foi sufocado por todos esses temas durante o período de quarentena. Dicas de como chegar ao topo, conquistar seguidores, obter sucesso, fórmulas e mais fórmulas! Elas funcionam? Sim, desde que você responda a principal pergunta: Quem é você?

A verdade é que provavelmente você já faz o que chamamos de branding pessoal. Talvez só precise refinar um pouco, é o que está acontecendo comigo agora. Branding possui várias definições, a que eu mais gosto até agora: é o que falam de você quando você não está por perto.

Parece importante? É porque é! Ter um branding bem construído é muito importante para termos uma audiência e parceiros que se identificam com o nosso próposito. Quando falamos sobre marca, é comum pensarmos na forma visual: a logo bonita, a fachada da sua loja ou o tão sonhado cartão de visitas. Isso tudo é, sem dúvidas, branding, afinal de contas, uma outra definição é: marca como todo, conjunto de estratégias. Mas não é o mais importante.

Ter uma boa marca significa que você é visto como autoridade em um assunto, ou seja, as pessoas pensam em você ou te procuram quando se trata de determinado nicho. Antes de chegar na parte visual, eu me fiz algumas perguntas, talvez você deva também.

(mais…)
BEM-VINDO DE VOLTA
18.09.2020

Bem-Vindo! O blog fez seis anos e eu quis mudar um pouco a carinha dele, eu gosto desse formato, então só queria dar uma repaginada mesmo. Escolhi uma paleta de cores nova e mudei o cabeçalho. Coloquei esse ramo de café porque é uma bebida que traz lembranças muito boas do meu pai. Ele faleceu há uns anos, mas deixou muitas histórias e foi baseado em uma delas que me inspirei nessa fase.

O FAZEDOR DE CAFÉ

(mais…)
FOTOJORNALISMO: CIDADE
16.05.2020

Oi, tudo bem? Esse post vai ser duas coisas: 1. um compilado de fotos que tirei para alguns trabalhos de fotojornalismo na faculdade e 2. um texto que escrevi para uma oficina de escrita que consistia em escrever sobre uma cidade como se ela fosse uma pessoa.

PRAIA DA GRACIOSA

(mais…)
FOTOGRAFIA PARA REDES SOCIAIS
20.04.2020

Oi gente, estou começando a divulgar meus trabalhos por aqui, vai que tem um empregador aqui de olho, não é? Hoje vim compartilhar o meu primeiro trabalho remunerado de fotografia para redes sociais e vou dizer o que aprendi com essa experiência. O que vou falar aqui são apenas coisas que funcionaram para mim.

O job era fazer as fotografias das makes que ilustram esse post. A primeira coisa que fiz foi conhecer os produtos, nesse caso eram maquiagens importadas caríssimas. Ou seja, eu precisava valorizar muito as fotos.

O MERCADO MUSICAL EM PALMAS
15.04.2020

O Mercado Musical em Palmas
A foto acima foi retirada do instagram @bocadecantora
O ensaio foi pensado e executado pelo @cameraxt e @brian_cstr

No último semestre, fiz minha matéria favorita até agora: Radiojornalismo. Então resolvi trazer para o blog algumas matérias que produzi para a rádio da faculdade. É um trabalho bem amador, mas eu amei.
Essa foi a minha primeira matéria.

LUMA NUNES – MERCADO MUSICAL EM PALMAS – REPÓRTER CALANGO (SETEMBRO DE 2019)

(mais…)
ENTREVISTA: TALITA PANIAGO (DOCEMENTE SOMBRIA)
24.03.2020

Seis anos atrás eu entrevistei a Talita e hoje ela está com um projeto muito legal e cheia de histórias para contar no Docemente Sombria. Tudo começou há doze anos, Talita se interessou por um livro da criminóloga Ilana Casoy e anos depois foi incentivada por um amigo a se matricular no curso de psicologia.
Para ler a entrevista de 2014, clique aqui.

(mais…)
BIO NATURAL
10.09.2019

Oi gente, mais uma da série trabalhos da faculdade bons demais para não serem mostrados hahaha. Então, esse trabalho sobre a Bio Natural foi para uma matéria de verão que eu fiz, Introdução a Publicidade e Propaganda que é a área que eu quero seguir 🙂

Deveríamos criar uma apresentação para mostrar um novo produto no mercado e foi assim que surgiu a Bio Natural: um creme dental e enxaguante bucal veganos que compartilham a mesma embalagem.

Toda proposta foi feita baseada na Sallve e a apresentação foi feita através do Canva que já tinha o modelo pré estabelecido.

(mais…)
HABITUAL MAGAZINE
13.08.2019

A revista habitual foi um trabalho que desenvolvi no terceiro período da faculdade de Jornalismo com meus colegas. Como nossa nota foi boa, resolvi compartilhar com vocês explicando um pouco nossas ideias e como produzimos tudo.

A REVISTA HABITUAL

A revista foi pensada para mulheres que por algum motivo estão saindo da casa dos pais para alcançar sua independência. Pensamos em trazer um conteúdo diversificado dando dicas de decoração, finanças, organização… Tudo para que nossas leitoras encontrem seus lugares no mundo.
O design foi todo feito através do Canva e as imagens que ilustram as matérias são autorais e algumas de bancos de imagem.

SUMÁRIO

(mais…)
VOCÊ SE ACEITA COMO É?
03.03.2019

Oi gente! Um dos trabalhos desse semestre era fazer uma releitura através de fotografia da obra de um artista famoso sorteado previamente. O artista do meu grupo foi Monet e nós escolhemos o quadro Woman With A Parasol (essa ai de cima).
Precisávamos ligar a foto a um texto jornalistico cujo tema era: Aceitação do Corpo Feminino Frente os Padrões Impostos Pela Sociedade.

E eu que encabecei tudo levei um tapão na cara, pois fui a modelo da famigerada foto. Desde pequenas somos expostas a padrões irreais, por exemplo, a Barbie. Para nós, o bonito é o que nos é mostrado: corpo magro, sem manchas, sem estrias, sem celulites, pele branca, cabelos lisos… Sem falar em coisas mais extremas tipo genitais rosados e sem pelos.

(mais…)
DRAMAS UNIVERSITÁRIOS #2: ACABOU O 1º PERÍODO
15.11.2018

Oi gente!

Pra quem não sabe eu estudo Jornalismo na Universidade Federal do Tocantins (UFT) e o meu semestre que começou em agosto acabou de acabar. Em 2014 teve uma greve que atrasou todo o calendário, por isso está tudo reduzido agora para tentar organizar. Eu tinha uma série de posts programados, mas tudo aconteceu tão rápido que resolvi fazer um compilado com várias diquinhas.

O Curso

Jornalismo é um curso de quatro anos, nesse primeiro semestre eu fiz seis matérias:

Teorias da Comunicação – Gostei bastante dessa matéria e do professor também, as avaliações foram justas e foi uma das minhas maiores médias.

Introdução ao Jornalismo – Minha matéria preferida da vida, professora Alice, uma fada que meteu logo na primeira aula que ela considera jornalismo a profissão mais romântica de todas.

Filosofia – Foi uma relação de amor e ódio. O professor é muito inteligente e fugiu muito do convencional, eu particularmente gostava, mas o sistema avaliativo foi um desastre.

Leitura e Prática da Produção de Texto I – Essa matéria foi a mais complicada, professor exigente e que vou ter que encarar novamente o segundo módulo dessa matéria.

Sociologia – Pra minha surpresa foi uma das matérias que mais gostei, professor muito provocador.

Psicologia – Aula sábado de manhã, peeeeeensa. Mas era uma aula muito legal, acabei descobrindo muito sobre mim.

Dicas

  1. Anote onde cada professor costumar enviar suas atividades. Quase morri nos primeiros dias até entender que um fez grupo no face, outro no moodle, outro no e-mail pessoal, outro no e-mail acadêmico…
  2. Tenha uma rede contatos. Minha turma foi muito unida e todo mundo se ajudou bastante. Tenha seu bonde de confiança para quebrar seus galhos, mas lembre-se de ajudar seus colegas também!
  3. Tenha uma agenda. Você precisa ser muito organizado para controlar suas faltas, datas de provas e trabalhos e atividades!
  4.  Faça TODOS os trabalhos. Mesmo que sejam chatos ou de pontuação pequena, eles te salvam.

Diário

Quero deixar registrado aqui porque daqui uns anos eu vou poder ler e lembrar como me senti nos primeiros dias da faculdade e ver todo o meu crescimento.

Não acreditei quando vi que tinha entrado pra faculdade, só caiu a ficha mesmo no primeiro dia de aula. Entrei bem tímida e na minha turma a maioria das pessoas era bem mais nova que eu. Achei que seria uma loba solitária, que não precisava de ninguém e essa acabou por ser a minha maior lição: ninguém faz nada sozinho.

São tantas informações que quase enlouqueci nos primeiros dias. Estava morrendo de medo de não sacar nada de nada e quando vi mal conseguia acessar minha conta do meu e-mail institucional. Me senti bem burra, aparentemente, não sei ler nem escrever direito… E o meu dom de reduzir linhas é totalmente inútil na faculdade.

Acabei me enrolando um pouco com as faltas e já fiz um preparatório para o segundo período. Em relação aos trabalhos, eles me salvaram bastante, pois tenho muita dificuldade para fazer prova, gostaria de ter feito tudo com mais antecedência, mas jornada dupla é foda.

Se eu pudesse me dar uma nota de 0 a 5 eu me daria um 3 bem orgulhosa.

 

E é isso. Beijos e até a próxima!

12
@lumanunesblog